As 10 melhores coisas para fazer no inverno em Lisboa

As 10 melhores coisas para fazer no inverno em Lisboa

Igreja do Menino Deus Lisboa





A Igreja do Menino Deus é uma igreja localizada em Alfama junto ao Castelo de São Jorge, na freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, da invocação do Menino Deus. Trata-se de uma peça importante do barroco olisiponense que resistiu ao terramoto de 1755.

Esta classificada como Monumento Nacional desde 1918. A igreja tem estilo conventual, barroco, tendo sido construí­da por altura do reinado de D. João V (1711). Foi projectada pelo arquitecto João Antunes.

Foi concluí­da por João Frederico Ludovice. No local havia já um hospital denominado de Mantelatos da Ordem Terceira de São Francisco de Xabregas, que continha uma imagem milagrosa do Menino Jesus.

O rei D. João V, ao ouvir os relatos dos milagre, resolveu erguer um templo, alguns meses antes do nascimento do seu primeiro filho.

A igreja tem semelhanças com a Igreja de Santa Engrácia, situada no Campo de Santa Clara. Possui, no interior, uma capela-mor e oito capelas. Outros elementos incluem altares de talha dourada, pintura de tecto e duas estátuas. Possui também azulejos com temas religiosos.

O pórtico apresenta colunas corí­ntias.



National Museum of Ethnology Lisboa





O Museu Nacional de Etnologia é detentor do património etnográfico de maior relevância a nível nacional. Nas suas coleções, que somam mais de 40.000 peças, encontram-se representadas mais de 380 culturas, repartidas por 80 países de 4 continentes



Museu Benfica Cosme Damião





Reviva os melhores momentos do Eusébio, a maior lenda do Benfica e aproveite para conhecer a História de Lisboa, Portugal e Mundo no Museu Benfica Cosme Damião.

Um Museu inovador e com uma abordagem contemporânea que recorre às mais modernas tecnologias para privilegiar o conhecimento, a emoção e a experiência. Estamos à sua espera!



Museu do Azulejo





É impossível sair de Lisboa sem ser fascinado pelas exibições magistrais de azulejos da cidade ( azulejos) iluminando edifícios e ruas. Uma das tradições mais importantes de Portugal, essas belezas pintadas à mão, mais comuns em adoráveis iterações azuis e brancas, chamam a atenção do Museu Nacional do Azulejo, um convento do século XVI em um local afastado. 

Aqui, pode-se apreciar obras tão complexas como um panorama de Lisboa, abrangendo duas muralhas, que captura a cidade antes do terramoto de 1755. É uma visão rara e bem proporcionada de um passado de Lisboa que até retrata casas e actividades cotidianas como fazer compras no mercado. 

Talvez de forma mais impressionante, revela a estreita relação de Lisboa com o rio Tejo. Há também uma história em quadrinhos, em forma de banda desenhada, de sete painéis, sobre a vida do fabricante de chapéus António Joaquim Carneiro. 

Inspirada em afrescos italianos e com motivos encontrados em Pompéia, é uma instalação rica em detalhes. Talvez auxiliado pelo passado do edifício, vagando por este museu é quase uma experiência espiritual. Realmente, é uma imersão íntima no artesanato venerado de Portugal.



Feira Medieval de Unhos Camarate Lisboa





No passado fim de semana, Unhos recebeu a primeira edição da Feira Medieval onde estiveram presentes vários expositores de gastronomia.

Unhos é a localidade mais antiga da União de Freguesias, onde existe um poço do período manuelino.  A história desta freguesia tornou-a ideal para repetir a iniciativa.

O evento teve um balanço muito positivo e a população aderiu à iniciativa que pretendeu celebrar os costumes dos nossos antepassados.

 https://jf-camarate-unhos-apelacao.pt/



Museu Nacional de Arte Antiga Lisboa





O Museu Nacional de Arte Antiga é o mais importante museu de arte dos séculos XII a XIX em Portugal, ao acolher a mais relevante coleção pública de arte antiga do paí­s. As suas colecções - cerca de 40000 espécies - incluem pintura, escultura, desenho e artes decorativas europeias e, também, colecções de arte asiática (u00cdndia,China, Japão) e africana (marfins afro-portugueses) representativas das relações que se estabeleceram entre a Europa e o Oriente na sequência das viagens dos descobrimentos - iniciadas no século XV e de que Portugal foi nação pioneira.

O museu encontra-se localizado num palácio dos finais do século XVII, mandado construir por D. Francisco de Távora, primeiro conde de Alvor. O Palácio é conhecido como Palácio de Alvor-Pombal pois, em 1759, após o Processo dos Távoras, o edifí­cio foi adquirido em leilão por Paulo de Carvalho e Mendonça, irmão de Marquês de Pombal que, por morte do primeiro, passou a ser proprietário do palácio. Em 1879 o palácio foi alugado, e posteriormente adquirido, pelo estado português para nele instalar o Museu Nacional de Bellas Artes e Arqueologia, inaugurado oficialmente em 11 de Maio de 1884 .

Criado em 1884, habitando, há quase 130 anos, o Palácio Alvor e cumprindo mais de um século da atual designação, o MNAA-Museu Nacional de Arte Antiga alberga a mais relevante coleção pública portuguesa, entre pintura, escultura, ourivesaria e artes decorativas, europeias, de África e do Oriente.Composto por mais de 40 000 itens, o acervo do MNAA compreende o maior número de obras classificadas pelo Estado como “tesouros nacionais”. Engloba também, nos diversos domínios, obras de referência do património artístico mundial.Herança da História (com realce para as incorporações dos bens eclesiásticos e dos provenientes dos palácios reais), a coleção do Museu Nacional de Arte Antiga foi sendo engrandecida por generosas doações e importantes compras, ilustrando, em patamar de objetiva excelência, o que de melhor se produziu ou acumulou em Portugal, nos domínios acima enunciados, entre a Idade Média e os alvores da Contemporaneidade.Parceiro incontornável na atividade museológica internacional, ao MNAA pertence, historicamente, a dignidade de museu nacional normal: o que define a norma, as boas práticas, em acordo, uma vez mais, com os padrões internacionais, seja em matéria de conservação e de museografia, seja no âmbito do seu serviço de educação, pioneiro no País. museu de arteantiga



Palácio Nacional da Ajuda





O Palácio Nacional da Ajuda, construção neoclássica da primeira metade do século XIX, tornou-se residência oficial da família real quando o rei D. Luís I subiu ao trono (1861), mantendo-se como tal até ao término da monarquia (1910).



Muralhas fernandinas de Lisboa ou muralhas de Lisboa





As muralhas fernandinas de Lisboa, também conhecidas por cerca fernandina, são as muralhas da cidade de Lisboa correspondentes à ampliação da cerca velha levada a cabo por D. Fernando I na era de César de 1411, ano 1373 d.C..

MURALHA FERNANDINA (CERCA DE LISBOA) Em consequência dos assaltos, roubos e incêndios que o exército do Rei D. Henrique de Castela promoveu contra a cidade de Lisboa na idade média, inutilizando a Cerca de muralhas visigóticas e mouras que envolviam o povoado, El - Rei D. Fernando mandou, em 1373, construir uma nova cinta de muralha, a qual ficou conhecida por “Cerca Nova” e também por “Cerca Fernandina”.

O traçado geral da Cerca iniciava-se do lado ocidental do Castelo de São Jorge, descia o vale da Mouraria, para depois subir a encosta do Monte de Sant ´Ana e voltar a descer pelo vale da Avenida que atravessava então à actual Praça D. João da Câmara, subindo até ao Largo de S. Roque e daí prolongava-se até ao Tejo, passando pelo Largo do Chiado.

A muralha era em alvenaria, tendo cerca de 0,5 metros de espessura. A construção desta muralha durou cerca de 2 anos, tendo sido terminada em 1375. Com o terramoto de 1755 as muralhas ficaram destruídas, sobrando assim algumas ruínas espalhadas por algumas zonas de Lisboa.

Uma parte existente no centro comercial Espaço Chiado (Rua da Misericórdia) é uma delas, sendo que neste podemos observar os restos do Torreão e de parte do troço da muralha que ligava as portas de Santa Catarina ao rio.



Elevador do Lavra Lisboa





O Elevador do Lavra é um funicular para transporte público coletivo, situado na Calçada do Lavra, em Lisboa. Inaugurado em 1884, é o elevador mais antigo da cidade de Lisboa; estabelece a ligação entre a rua Câmara Pestana e o Largo da Anunciada.

O Elevador do Lavra foi inaugurado em 1884 e é o funicular mais antigo de Lisboa. Conecta a rua Câmara Pestana e o Largo da Anunciada (perpendicular à Avenida da Liberdade). 



Encontre as melhores lembranças de Lisboa





Se parentes e amigos pediram uma lembrança e está se perguntando o que comprar em Lisboa, como as latas de sardinhas com as datas com historia desta vez leve algo diferente para eles. Na Conserveira de Lisboa,  na Baixa, a Rua dos Bacalhoeiros 34,tudo o que vendem é comida enlatada de primeira qualidade.

A loja funciona desde 1930, quando a comida enlatada era popular porque era acessível e, agora, tornou-se um alimento enlatado gourmet . Aqui você encontra as típicas sardinhas, atum e cavalas, juntamente com mousse de bacalhau e lulas recheadas e outras coisas deliciosas.









O que visitar e conhecer em Portugal

Os 18 melhores pontos turisticos para visitar em Funchal

Os 18 melhores pontos turisticos para visitar em Funchal

Praia da Formosa (Funchal) MadeiraA Praia Formosa é uma praia situada na freguesia de São Martinho, no Funchal, na ilha da Madeira. Constitui-se na maior zona balnear da ilha, subdividindo-se em três pequenas praias de areia preta - Formosa, Nova e Namorados - e uma de calhau rolado - Areeiro Esta praia tem um forte contexto ...
20 melhores coisas para fazer no inverno em Coimbra

20 melhores coisas para fazer no inverno em Coimbra

Coisas para fazer no inverno na cidade de Comibra Mosteiro de Celas em CoimbraO Mosteiro de Santa Maria de Celas ou Mosteiro das Celas de Guimarães ou apenas Mosteiro de Celas foi fundado no século XIII. Localiza-se na freguesia de Santo António dos Olivais, Coimbra, Portugal. O Mosteiro de Celas está classificado como ...
As 12 melhores coisas para fazer e visitar em Matosinhos

As 12 melhores coisas para fazer e visitar em Matosinhos

Praia do Funto em Matosinhosambém conhecida como simplesmente Praia do Funtão, apresenta-se com um areal considerável, mas sobretudo a sua beleza encontra-se na envolvente de vegetação natural e na proximidade a pequenos bairros pitorescos. Tem um mar pouco calmo e muita areia. Com boas infraestruturas é u...
Os 12 melhores locais para visitar em Póvoa de Varzim

Os 12 melhores locais para visitar em Póvoa de Varzim

Praia Redonda (Pvoa de Varzim)A Praia Redonda, historicamente conhecida como Praia de Banhos, é uma extensa praia marí­tima na área urbana da Póvoa de Varzim, localizada entre a Enseada da Póvoa (Porto de Pesca da Póvoa de Varzim) e a Praia da Salgueira. A Praia Redonda é uma praia bastante freq...