A Praia da Fábrica, também conhecida como Praia de Cacela Velha, foi considerada uma das melhores do mundo, pela edição espanhola da revista «Condé Nast Traveler».

O top das 15 melhores praias do mundo foi elaborado pelos jornalistas da revista, tendo cada um escolhido a sua preferida.

No caso da Praia da Fábrica, Sara Morillo escreveu: «Desde 2006 que todos os verões escapo até à fronteira entre Huelva e o Algarve. Aí descobri a que sinto hoje como “minha praia”. Talvez não seja a mais bonita (que o é) nem tão virgem assim (que também é), mas essa é a metáfora da minha felicidade”.

A jornalista acrescenta que a praia se encontra junto a Cacela Velha, «uma formosa aldeia de onde se contemplam os entardeceres do Algarve».

E explica: «o acesso à praia tem a sua liturgia: estacionas o carro junto a um minúsculo ancoradouro. Aí, um local acolhe-te no seu barco (1,50 euros) para te levar até uma ilha deserta de areias brancas e margens infinitas. À volta, no único restaurante do ancoradouro, podes provar as conquilhas e as ostras do Parque Natural da Ria Formosa. E até aí posso ler».

 

Top15 das Melhores Praias do Mundo:

Pelican Point (Bahamas, EUA)
Cala Saona (Formentera, Espanha)
Praia de Anakena, Ilha de Páscoa (Chile)
Tulum, Riviera Maia (México)
Marina Piccola, Capri (Itália)
Praia das Catedrales (Ribadeo, Lugo, Espanha)
Praia da Fábrica (Algarve, Portugal)
Praia das Conchas, La Graciosa (Lanzarote, Espanha)
Praia de Barra, Cangas do Morrazo, Galiza (Espanha)
Cala Pregonda Menorca (Espanha)
Pucón (Chile)
San Juan del Sur (Nicarágua)
Praia de Bolonia, Cádiz, (Espanha)
Zipolite, Oaxaca (México)
Máncora (Peru)

A praia situa-se na extrema nascente da Ilha de Cabanas, perto da barra de Cacela, e acede-se de barco a partir do Sítio da Fábrica em Cacela Velha. Esta vila histórica, onde vale a pena apreciar o casario muito branco ornamentado com o tradicional azul-cobalto, fez-se rodear por pomares de sequeiro que se estendem em colinas suaves até à ria.

 



 

A povoação cresceu em torno duma nora medieval e oferece uma magnífica vista altaneira sobre a Ria Formosa, junto ao Forte D. Paio Peres Correia. Atravessado o estreito braço de ria, o visitante depara-se com uma fina língua de areia, deserta e selvagem, em permanente mutação pela ação do mar e dos ventos. É na mais completa tranquilidade que se pode contemplar a rica flora dunar desta barreira arenosa, apenas interrompida nos locais onde o mar teima em galgar a muralha natural, e as inúmeras aves que nas dunas procuram refúgio, como o borrelho-de-coleira-interrompida, a rola-do-mar, ou a chilreta.

Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal