A partir de junho Portugal pode bater recordes de temperatura. Previsões do site AccuWeather apontam para a possibilidade de existirem grandes incêndios na segunda metade do verão.

Se as temperaturas começaram já a subir nalgumas zonas do país, permitindo até algumas idas à praia antes de o Verão chegar, será a partir do próximo mês que o calor virá para ficar. Quanto aos meses de Verão, ficarão marcados por ondas de calor prolongadas, com os termómetros a chegarem aos 43 graus Celsius durante vários dias. É o que dizem as previsões avançadas pelo site de meteorologia norte-americano Accuweather.

 

Portugal, Espanha, Polónia e Hungria vão ser o centro das "grandes histórias" deste verão, garante o site AccuWeather que anuncia ondas de calor para a Península Ibérica, onde as temperaturas podem atingir os 43 graus Celsius durante vários dias consecutivos.

 
De acordo com esta plataforma em junho serão poucos os dias com chuva em Portugal e as temperaturas poderão ser mais elevadas do que as registadas no verão passado quando algumas partes do nosso país, da Holanda, Alemanha e Escandinávia bateram recordes de calor mas só durante um dia ou uma semana.

Estas previsões são explicadas pelo meteorologista Tyler Roys que frisa serem esperadas temperaturas de 40 graus no sul e leste de França em julho e no início de agosto.

 



No caso português, o mesmo especialista diz ser de esperar ondas de calor de 43 graus, com as noites a serem quentes o que pode provocar problemas a quem habite numa casa em que não consiga arrefecer a habitação durante a noite antes que volte a aquecer durante o dia.

43ºC em Portugal e Espanha

“Mesmo quando as ondas de calor mais intensas passarem, será por pouco tempo, com as temperaturas a manterem-se perto ou acima do normal, antes de voltarem a subir para níveis perigosos novamente”, acrescenta o meteorologista do Accuweather. Nalgumas regiões de Portugal, os termómetros poderão mesmo chegar a atingir os 43ºC ou mais durante vários dias seguidos.

Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal