Gondramaz é das aldeias mais pequenas do Xisto

Gondramaz é das aldeias mais pequenas do Xisto

A aldeia estrutura-se a partir de uma rua principal que se sobrepõe à linha de festo, até ao limite em que o declive permitiu construções. Desta rua, sai uma rede de ruelas estreitas e sinuosas que apetece percorrer com curiosidade.

As boas vindas são-nos dadas com um poema de Miguel Torga, que se encontra numa placa metálica na área de recepção da aldeia.

Gondramaz distingue-se pela tonalidade específica do xisto que nos envolve da cabeça aos pés. Até o chão que se pisa é exemplo da melhor arte de trabalhar artesanalmente a pedra. Esta é, aliás, terra de artesãos cujas mãos hábeis criam figuras carismáticas que são marca da serra e que levam consigo o nome do mestre e da aldeia além-fronteiras.

Situada na vertente ocidental da Serra da Lousã, a paisagem que envolve Gondramaz é uma obra de arte da Natureza. Há nas ruas desta aldeia uma fina acústica que nos desperta todos os sentidos. Dentro das suas ruas a voz das pessoas torna-se mais nítida e convidativa.

Com uma notável aplicação em xisto, o pavimento permite que sobre ele se desenvolva um percurso acessível para pessoas com mobilidade reduzida.

Numa das mais bem sucedidas intervenções de requalificação da Rede das Aldeias do Xisto, não é de estranhar o surgimento de novos habitantes e o ambiente animado que aqui se vive em cada fim-de-semana. A animação com provas de BTT protagonizada a partir daqui, traz praticantes e uma movimentação que os habitantes já não estranham.

 

O material de construção predominante é o xisto e a grande maioria das fachadas não se apresenta rebocada. Em Gondramaz preservou-se o genuíno espírito de aldeia num aglomerado muito agregado que mantém uma leitura tradicional.

Merecem destaque:

  • Capela de Nª Srª da Conceição
    Templo de feição singela que guarda imagens de Nª Srª da Conceição e de Nª Srª das Candeias.
  • Alminha
    Incorporada na fachada de uma casa particular.
  • Lavadouro e Fontanário
    O Lavadouro, que está localizado no centro da aldeia bem como o Fontanário, que disponibiliza água canalizada, são os únicos equipamentos colectivos da aldeia.







O que visitar e conhecer em Portugal

O que fazer em Aveiro os 9 melhores lugares para visitar

O que fazer em Aveiro os 9 melhores lugares para visitar

Praia do Palheiro AveiroOficialmente reconhecida como Praia Dourada, a Praia do Palheirão estende-se por vários quilómetros de areais intactos, entre o ondulado das dunas contíguas a uma imensa mancha florestal e o horizonte infinito do azul do mar. Para quem deseja um contacto íntimo e solidário com uma p...
O que fazer em Coimbra os 9 melhores locais para visitar

O que fazer em Coimbra os 9 melhores locais para visitar

S Nova de CoimbraA Sé Nova de Coimbra é um templo católico localizado no Largo da Feira na extinta freguesia da Sé Nova, cidade e concelho de Coimbra, em Portugal. Sediada no antigo Colégio dos Jesuítas, a Sé Nova ocupa o espaço maneirista edificado pela Companhia de Jesus na Alta da cidade....
Os 10 melhores pontos turisticos para visitar em Monumentos na Guarda

Os 10 melhores pontos turisticos para visitar em Monumentos na Guarda

Castelo de Celorico da BeiraO Castelo de Celorico da Beira localiza-se na vila de mesmo nome, freguesia de Santa Maria, concelho de Celorico da Beira, distrito da Guarda, em Portugal. Erguido num cabeço granítico, no sopé da serra da Estrela, do alto de seus muros avistam-se os vizinhos Castelo de Linhares (a sudoeste), Ca...
Os 7 melhores locais para visitar em Braga

Os 7 melhores locais para visitar em Braga

Citnia de Briteiros na freguesia de Salvador de Briteiros GuimaresA citânia de Briteiros é um sí­tio arqueológico da Idade do Ferro, situado no alto do monte de São Romão, na freguesia de Salvador de Briteiros, concelho de Guimarães (a cerca de 15km de distância a Noroeste desta cidade). F...