No Primeiro Domingo de Cada mês ninguém paga a entrada

Museus e monumentos gratuitos no primeiro domingo de cada é possível entrar sem pagar em museus, palácios, conventos e outros locais históricos geridos pelo Estado (DGPC , DRCNorte, DRCCentro, DRCAlentejo e DRCAlgarve) por todo o pais . Aqui ficam quatro sugestões de visitas fantásticas:

Museu Nacional de Arte Antiga

Já conhecem os Painéis de São Vicente ou a Custódia de Belém? É impossível não ficar de boca aberta com os detalhes destas duas obras do Museu Nacional de Arte Antiga, mas há mais. O melhor é preparar a visita lendo sobre as 10 obras mais importantes.

 

LISBOA

MAAT

Palácio Nacional da Ajuda

Mosteiro dos Jerónimos

Torre de Belém

Panteão Nacional

Museu da Marinha

Museu Nacional dos Coches

Museu Nacional do Traje

Museu Nacional do Teatro e da Dança

Museu Nacional da Etnologia

Museu Nacional de Arte Antiga

Museu Nacional de Arqueologia

MNAC – Museu do Chiado 

Museu de Arte Popular

Museu  Nacional da Música

Museu Nacional do Azulejo

Casa Museu Dr. Anastácio Gonçalves

PORTO

Museu Nacional Soares dos Reis

Serralves – grátis apenas das 10h às 13h

COIMBRA

Museu Nacional Machado de Castro

CONDEIXA-A-NOVA

Museu Monográfico de Conimbriga

VISEU

Museu Grão Vasco

MAFRA

Palácio Nacional de Mafra

BATALHA

Mosteiro da Batalha

ALCOBAÇA

Mosteiro de Alcobaça

TOMAR

Convento de Cristo

 

OUTROS MUSEUS COM ENTRADAS GRÁTIS

Museu do Dinheiro – entrada gratuita todo o ano

Museu da Marioneta – domingo de manhã

Museu Calouste Gulbenkian – domingos a partir das 14h

Torre de Belém

Construída no início do século XVI por D. Manuel I, guarda um velho “rinoceronte” com uma curiosa história, que os pequenos vão gostar de ouvir da boca dos mais crescidos. Inscrita na lista do Património Mundial da UNESCO, a Torre de Belém (ou Torre de S. Vicente a par de Belém) é um ex-libris do património cultural português projetado em todo o mundo e um dos elementos arquitetónicos que pontua a paisagem ribeirinha na zona monumental Ajuda-Belém. Construída em homenagem ao Santo Patrono de Lisboa, S. Vicente, a Torre de Belém fazia parte de um sistema de defesa tripartida entre o baluarte de Cascais e a fortaleza de S. Sebastião da Caparica, na margem oposta do rio. A decoração da Torre ostenta a simbologia própria do manuelino – cordas que envolvem o edifício rematando em elegantes nós, esferas armilares, cruzes da Ordem Militar de Cristo e elementos naturalistas.

Mosteiro dos Jerónimos

Obra-prima da arquitetura portuguesa do século XVI, está classificado como Monumento Nacional e inscrito na lista de Património Mundial da UNESCO (1983). O Mosteiro dos Jerónimos situa-se numa das zonas mais qualificadas de Lisboa, um cenário histórico e monumental junto ao rio Tejo, local de onde partiram as naus e caravelas no tempo das Descobertas que viriam a dar “novos mundos ao mundo”. Na imponente fachada do Mosteiro, que se prolonga por cerca de trezentos metros, ergue-se o Portal Sul da Igreja, ricamente decorado, onde se destacam as imagens do Santo Patrono de Portugal, Arcanjo S. Miguel (ao cimo) e a imagem de Santa Maria de Belém, ou Nossa Senhora dos Reis (ao centro).

 

Lista completa de museus gratis aos ultimos dominngos de cada mês de Entidades e Locais:

DGPC (Direcção Geral de Património Cultural): Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Convento de Cristo, Mosteiro de Santa Maria da Vitória (Batalha), Mosteiro de Alcobaça, Mosteiro dos Jerónimos, Museu da Música, Museu de Arte Popular, Museu Nacional de Arte Contemporânea, Museu do Chiado, Museu Grão Vasco, Museu Monográfico de Conímbriga, Museu Nacional de Arqueologia, Museu Nacional de Arte Antiga, Museu Nacional de Etnologia, Museu Nacional do Azulejo, Museu Nacional do Teatro, Museu Nacional do Traje, Museu Nacional dos Coches, Museu Nacional de Machado de Castro, Museu Nacional de Soares dos Reis, Anexo de Vila Viçosa do Museu Nacional dos Coches, Palácio Nacional da Ajuda, Palácio Nacional de Mafra, Panteão Nacional, Torre de Belém.

DRCNorte: Mosteiro da Serra do Pilar, Património a Norte, Igreja + Zimbório, Património a Norte + Igreja + Zimbório, Mosteiro de Vilar de Frades, Mosteiro de Santa Maria de Salzedas, Mosteiro de Santa Maria de Pombeiro, Citânia de Santa Luzia, Mosteiro de S. Martinho de Tibães e Cerca do Mosteiro, Cerca do Mosteiro, Área Arqueológica do Freixo, Santuário de Panóias, Museu da Terra de Miranda, Museu de Alberto Sampaio, Museu de Lamego, Museu do Abade de Baçal, Castelo de Guimarães, Paço dos Duques, Guimarães, Museu D. Diogo de Sousa, Museu dos Biscainhos.

DRCCentro: Museu de Aveiro, Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, Museu Joaquim Tavares Proenca Junior, Museu Jose Malhoa, Museu da Ceramica, Museu da Guarda, Museu Dr. Joaquim Manso.

DRCAlentejo: Ruínas de Miróbriga (Santiago do Cacém), Ruínas de S. Cucufate (Vidigueira), Gruta do Escoural (Montemor-o-Novo), Museu de Évora, Castelo de Evoramonte (Estremoz), Castelo de Viana do Alentejo (Viana do Alentejo), Castelo de Elvas (Elvas), Ruínas de Torre de Palma (Monforte), Castelo de Belver (Gavião).

DRCAlgarve:Fortaleza de Sagres, Ermida de N.ª Senhora de Guadalupe, Monumentos Megalíticos de Alcalar, Villa Romana de Milreu.

  • No Primeiro Domingo de Cada mês ninguém paga a entrada

O que fazer em - Lisboa