Torre Serra da Estrela o ponto mais alto de Portugal continental





A Torre é um monumento que marca o ponto mais alto de Portugal Continental. Está localizado na cordilheira da Serra da Estrela. A elevação real é de 1993 metros (6637 pés), perto da Torre, há um restaurante, lojas com produtos típicos da região, como o queijo da Serra da Estrela.

 



 



Museu do Brinquedo em Seia Guarda





Em Seia, há um museu que faz as delícias dos mais novos: o Museu do Brinquedo, que apresenta uma colecção verdadeiramente notável de cerca de 4500 brinquedos de Portugal e do mundo, antigos e modernos.

Em Seia, há um museu que faz as delícias dos mais novos: o Museu do Brinquedo, que apresenta uma colecção verdadeiramente notável de cerca de 4500 brinquedos de Portugal e do mundo, antigos e modernos.



Portugal tem um estncia de Ski fica na Serra da Estrela





Estância de Ski da Serra da Estrela É um pequeno resort de esqui com 4 elevadores de esqui com 130 metros (426 pés) de descida vertical e 9 pistas, com um comprimento total de 7,7 km (5 mi).



É mais adequado para esquiadores e snowboarders iniciantes, mas também há pistas para especialistas e intermediários. A Torre é um monumento que marca o ponto mais alto de Portugal Continental.



Está localizado na cordilheira da Serra da Estrela. A elevação real é de 1993 metros (6637 pés), perto da Torre, há um restaurante, lojas com produtos típicos da região, como o queijo da Serra da Estrela.

 





Esta a nica Estncia de Ski de Portugal fica na Serra da Estrela





A estância encerra mais uma época e vem por este meio agradecer a todos os clientes e amigos que nos visitaram e desfrutaram das nossas pistas. Já iniciámos a preparação da próxima época 2019-2020 e publicaremos informações ao longo destes meses. Uma delas será já esta semana! Um muito obrigado a todos e mantenham-se atentos

 





S da Guarda





A Sé-Catedral da Guarda (Guarda, Portugal) foi erguida no seguimento do pedido de D. Sancho I ao Papa Inocêncio III para transferir a diocese de Egitânia para a nova cidade da Guarda. Da original construção, de estilo românico, nada resta. Foram, no entanto, encontrados alguns vestí­gios que apontam para um edifí­cio simples. 

A Sé Catedral da Guarda é um dos mais belos monumentos do seu género, existentes em Portugal.

A construção da atual Sé da Guarda remonta aos finais do século XIV, já no reinado de João I de Portugal — D. Fernando teria falhado na promessa de erguer novo templo —, por iniciativa do bispo Vasco de Lamego, partidário da casa de Avis durante a crise dinástica. As obras arrastaram-se lentamente e só no reinado de D. João III seriam concluídas, já em pleno século XVI, apresentando, por isso, elementos do estilo ogival, gótico e joanino, com pormenores de estilo manuelino.

Seria mandada construir por D. Sancho II uma segunda catedral, no local onde se situa a actual Igreja da Misericórdia, concluí­da no século XIV, mas mais tarde destruí­da aquando da reforma fernandina das muralhas, por se situar fora delas, por temer a conquista da cidade por Castela, pois podia ser usada para subir à muralha.



Forum Romano Santiago da Guarda Ansio





O Complexo Monumental de Santiago da Guarda foi novamente a Villa Romana, invocando as cores, os costumes, os trajes e a gastronomia de outro milénio, em que imperavam os Romanos, que já escolhiam Ansião como o seu lar.

O Forum Romano iniciou-se com o colóquio “Os Romanos e as suas representações em Santiago da Guarda”, com a abertura a cargo da Diretora Regional de Cultura do Centro, Suzana Menezes e intervenções de André Carneiro, Rodrigo Pereira, Virgílio Correia e Filomena Limão, que levaram à audiência um olhar sobre a nossa história e sobre aquele que é um dos legados mais belos do nosso concelho.

 Já trajada e aprumada, a comitiva rumou em cortejo à zona de exposição, onde se deliciaram com os banquetes preparados pelos Moscardos, Centro de Amizade e Animação Social de Santiago e  Associação Cultural e Recreativa de Promoção Social de Lagoa Parada que, de trajes vistosos, recriaram os paladares de outrora para gáudio dos presentes.



Museu Municipal de Pinhel Guarda





O Museu Municipal de Pinhel foi fundado na década de 40 do século XX pelos pinhelenses Dr. Artur Farinha Beirão e Sr. Ilí­dio da Silva Marta.

O novo Museu Municipal apresenta o concelho de Pinhel numa linguagem museográfica moderna e atrativa, onde são enfatizados os patrimónios que caracterizam o nosso território desde a época pré-histórica à atualidade.

Num percurso “evolutivo”, o visitante fica a conhecer os testemunhos que nos foram legados pelos primeiros homens que por aqui andaram, através da reprodução das pinturas e gravuras rupestres do Vale do Côa, em Cidadelhe, classificadas Património da Humanidade pela UNESCO.

Os materiais arqueológicos do Prado Galego e a referência ao marco de Argomil, dedicado ao imperador César Augusto, são evidências que ajudam a compreender a ocupação romana deste território.

A época Medieval é apresentada através de elementos interativos onde é possível conhecer factos e instrumentos que justificam a importância de Pinhel no contexto da formação do território nacional. As guerras com Leão e Castela, o castelo de Pinhel nos finais do século XV e, em especial, as peças de cariz militar, bacinete e bombarda, transportam-nos para outros tempos.

As muitas esculturas do período moderno, em madeira policromada, provenientes de igrejas e capelas desaparecidas, a par do retábulo em pedra de Ançã da autoria do escultor francês João de Ruão, datado de 1537 e que pertenceu à Igreja da Misericórdia, constituem o núcleo de Arte Sacra que antecede a exposição das Bandeiras dos Ofícios, que eram tradicionalmente apresentadas na procissão do Corpo de Deus (estandartes corporativos em damasco com um medalhão ao centro representativo da profissão).

A visita ao Museu Municipal termina na atualidade, tempo presente vivenciado por testemunhos de pinhelenses, residentes no concelho, no país ou espalhados pelo mundo, fruto de um vasto legado que nos caracteriza e identifica.



Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal