O cenário criado pela natureza, na Serra do Larouco, não deixou ninguém indiferente, no concelho de Montalegre, distrito de Vila Real. O seu nome deriva do nome do Deus Celta Larauco, o qual deu também nome ao Larouco

 

Situada a Nordeste de Montalegre, pertence ao Maciço Antigo. Tem 10 km de comprimento e é a segunda serra mais elevada de Portugal, sendo a sua altitude máxima, de 1527 metros, atingida na Fonte da Pipa.







Hoje Cenário gélido, na Serra do Larouco bem perto da fronteira com Espanha
Se visitar estes locais não se esqueça das correntes de neve
 
 
Foto capa Jose Conceição 
 


 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Jocelio souza (@jocelio_40)

 


 



A serra apresenta uma série de altitudes que formam a moldura setentrional da alta planície do Cávado. Possui uma beleza ímpar e do seu cume podem observar-se os vales do Lima, Tâmega, Cávado e Rabagão, e também várias aldeias e a Vila de Montalegre. Além das paisagens poderá ainda observar cavalos, garranos e praticar desportos de montanha, como asa delta, parapente, escalada e caminhadas.




A neve regressou ao concelho de Montalegre, com maior intensidade nos pontos mais altos, por exemplo em Pitões das Júnias ou na Serra do Larouco. 

 



 

Quando subimos ao alto da serra e contemplamos as paisagens correspondentes às terras Barrosãs, ao Gerês, Peneda, Ourigo, Soajo e Cabreira, todas elas parecem pontos mais baixos perante o Deus Larouco, que todas vigiava na sua imponência trovejante. A Serra do Larouco é, além de uma bonita serra, um atestado ao passado galaico que une transmontanos e galegos.

 



 



 

Neve voltou a pintar com perfeição a Serra do Larouco a neve quebrava pelos passos de quem não quis perder a oportunidade de presenciar um cenário que foi desenhado pelo rigor e perfeição da natureza, na Serra do Larouco









Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal