150 automóveis elétricos cujo aluguer custa 21 cêntimos por cada minuto de utilização. Dá uma média de 3,15 euros por cada quarto de hora de viagem. A empresa é espanhola, mas lança-se na capital portuguesa

O novo serviço emov, apresentado publicamente esta quarta-feira nos Paços do Concelho, põe à disposição dos lisboetas 150 veículos eléctricos, no caso Citroen C Zero, localizáveis e reserváveis através de uma aplicação para telemóvel. O smartphone abre e fecha os carros e, uma vez concluída a viagem, a viatura é abandonada (desde que num lugar legal de estacionamento, gratuito ou pago) e fica disponível para o alfacinha que se segue.

O custo de utilização é de 21 cêntimos por minuto, o que significa à volta de três euros para uma viagem de 15 minutos. O tempo só começa a contar quanto o condutor entra a bordo e, mesmo que o carro seja estacionado numa zona de parquímetros, não há custos para o utilizador.

Os automóveis da Emov já estão disponíveis numa área que se estende do Mosteiro dos Jerónimos até Santa Engrácia e, mais a norte, até Telheiras. Abrange ainda a zona do Parque das Nações. Para usar, basta descarregar a aplicação, disponível para iOS e Android. É ainda preciso fazer um registo (use o código “lisboa20” para 20 minutos grátis), no qual são pedidas informações como o número de contribuinte, a morada e fotografias do cartão de cidadão e da carta de condução.