Mora é uma vila portuguesa, no Distrito de Évora, região Alentejo e sub-região do Alentejo Central, com cerca de 2 200 habitantes (2012).

É sede de um município com 443,95 km² de área e 4 978 habitantes (2011), subdividido em 4 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Ponte de Sor, a nordeste por Avis, a leste por Sousel, a sueste por Arraiolos e a oeste por Coruche.

O concelho recebeu foral de D. Manuel I em 1519.

Vila Alentejana, sede de município, Mora espelha na perfeição a tradicional paz de espírito da região Alentejana. 
Concelho localizado na bacia hidrográfica do Tejo e rodeado de matas de sobreiros, olivais, pinhais, na região o contacto com a natureza é absoluto, sendo mesmo o município com maior densidade florestal a sul do Tejo, e o quinto do País. 


Com vestígios de ocupação humana desde tempos pré-históricos, encontra-se na sua área imensos monumentos megalíticos e antas, muitas em bom estado de conservação, como é exemplo a Capela de S. Dinis, em Pavia, onde, na Idade Medieval, se adaptou uma grande anta a capela, e que é um dos marcos da região. 


A gastronomia da região é muito rica e tradicionalmente Alentejana, onde o pão é rei, e iguarias como o ensopado de borrego, as migas de espargos e a açorda de bacalhau o melhoram, não esquecendo a típica sopa de coelho, a tomatada ou a sopa de beldroegas.

Mora é, como tantas outras, uma bonita vila alentejana, situada em plena charneca decorada com sobreiros. Representa com encanto, a paz e tranquilidade tão característica das terras e, claro, das gentes alentejanas. Está dividida em quatro encantadoras freguesias: Brotas, Cabeção, Mora e Pavia.

O nome da vila apareceu pela primeira vez em 1293, num documento chamado “Livro III das Composições”, em referência à herdade «Cabeça de Mora». O termo «Mora» está relacionado com “altura” ou “parte elevada” e tudo indica que foi no local onde se encontrava esta herdade que a vila foi fixada. O Largo do Calvário é referenciado pelos mais entendidos, sem certezas, como o local de nascimento da vila de Mora.

Para ficarmos a conhecer melhor o concelho de Mora, precisamos de visitar cada uma das suas freguesias. Uma por uma.

Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal