O que fazer em Vila do Bispo os 9 melhores locais para visitar

O que fazer em Vila do Bispo os 9 melhores locais para visitar

Praia do Murração Vila do Bispo Algarve





Já chamada de Joia Vicentina é uma praia de grande beleza natural e relativamente deserta. É assim das raras praias em que a vegetação dunar se estende até à linha de maré, combinando-se o verde pardo das dunas com o azul marinho.

A norte, uma arriba clara e muito esculpida, revestida por matos endémicos de zimbro, delimita uma pequena ribeira que desagua no areal na época das chuvas.

No troço central da praia, a arriba eleva-se e impõe-se na paisagem, talhada em xistos negros que se fazem atravessar por veios rubros e alaranjados. No topo longínquo desta arriba podem ainda observar-se rochas carbonatadas, rendilhadas e de tons mais claros, e, por vezes, pacatos rebanhos a pastar à beira do abismo.

No extremo sul da praia, a parede rochosa surge escavada por uma pequena e límpida linha de água que corre em cascata para a praia. Por todo o areal é possível encontrar rochas de formas e tonalidades curiosas, vestígios de antigos desmoronamentos.



Praia da Lota





A praia da Lota, também designada Praia do Alto ou Praia do Sí­tio do Alto, é uma praia situada na extremidade oriental da linha costeira da freguesia de Vila Nova de Cacela, concelho de Vila Real de Santo António, no Algarve, Portugal. É ladeada a nascente pela Praia da Alagoa e a poente pela Praia da Manta Rota e constitui uma das praias da Baí­a de Monte Gordo.

Em 2015 tem atribuí­da a Bandeira Azul, atestando a boa qualidade das suas águas. Abonada por um mar calmo, a tí­pica aldeia piscatória rendeu-se ao turismo de massas.

A Praia da Lota surge na continuidade da Manta Rota, concentrando a atividade piscatória daquela povoação. Assim, e à medida que se atravessam os quase 200 metros de passadeira para alcançar o areal, observam-se diversas embarcações de pesca artesanal, casas de aprestos e as artes de pesca, trazendo a memória do tempo em que este areal era utilizado como lota e se vendia o peixe acabado de chegar da faina no mar.

A faina ainda se mantém, mas o uso do areal é agora essencialmente balnear, tratando-se duma praia imensa com diversos apoios ao lazer e uma área desportiva. As dunas são baixas tendo como vegetação dominante o estorno e o felpudo cordeirinho-da-praia, típicos da frente dunar. Mais para o interior abundam matagais dunares altos com o característico piorno-branco. A praia é relativamente tranquila, muito quente e luminosa, a rebentação é suave e os banhos mornos.



Praia dos Rebolinhos Vila do Bispo Algarve Costa Vicentina





O Martinhal situa-se para nascente da vila de Sagres e, embora ainda beneficie do abrigo proporcionado pela ponta da Baleeira, pode tornar-se bastante ventoso quando a nortada entra pelo amplo vale que antecede o areal. As águas são porém calmas e convidam à prática de windsurf e de mergulho, sendo frequentes as visitas subaquáticas aos cénicos ilhotes de natureza calcária que se situam ao largo da praia, afamados pelas suas grutas submarinas e vida marinha.

A praia é essencialmente arenosa, com dunas altas no centro do praia e vegetação de sapal a estender-se para o interior do vale; apenas para nascente as arribas voltam a marcar a paisagem. Encontram-se aqui as ruínas dum importante centro oleiro romano e, nos ilhotes, vestígios de tanques para salga de peixe.

Para nascente do Martinhal, surge um pequeno areal deserto, com acesso pedonal através da urbanização do Martinhal. Trata-se da Praia dos Rebolinhos que deve o seu nome ao calhau rolado que a preenche, os chamados “rebolinhos”.



Praia de Almádena Algarve





A Praia de Almádena, ou Praia de Cabanas Velhas é uma praia na freguesia de Budens, no concelho de Vila do Bispo, no Algarve, Portugal. Fica do lado nascente do Forte de São Luí­s de Almádena, entre a Praia da Boca do Rio e a Praia do Burgau.

É de pequena dimensão e estreita na maré cheia. Rodeada por arribas calcárias muito erodidas e recortadas onde há numerosas reentrâncias e cavidades resultantes do escorregamento dos estratos que compõem a rocha. Há formações rochosas peculiares em ambos os extremos da praia. As encostas junto da praia estão cobertas por matos baixos, e há uma área de pinhal jovem na encosta ocidental. A praia é pouco frequentada por banhistas, sendo o pontão a nascente muito utilizado como local para pescar. É vigiada na época balnear.

Trata-se de uma praia acolhedora, e embora o areal seja mais extenso que na Boca do Rio, torna-se estreito na maré cheia, encaixado em arribas calcárias muito esculpidas e recortadas.

O areal alonga-se para nascente, delimitado por fim por um pontão muito utilizado como pesqueiro. Também aqui o abundante calhau rolado é usado pelos banhistas na construção de pequenos abrigos semicirculares de pedra que funcionam como corta-vento.

As encostas sobranceiras à praia estão cobertas por matos típicos do litoral rochoso, surgindo uma área de pinhal na encosta a poente. Vale a pena percorrer o sinuoso caminho litoral entre Cabanas Velhas e a Boca do Rio, onde se oferece uma fabulosa vista sobre o azul marinho do oceano enquadrado pelo verde denso da vegetação mediterrânica, e fazer uma paragem no Forte de Almádena, uma fortificação construída no séc. XVII para proteger a pesca de atum dos ataques de piratas do norte de África.

 

Praia do Barranco (Vila do Bispo)





A Praia do Barranco é dona de uma grande beleza natural, rodeada de uma paisagem verdejante e do azul do mar, sendo conhecida por ser muito frequentada por artistas, conferindo-lhe um ambiente alternativo muito próprio. 

As águas são calmas devido ao abrigo proporcionado pelas pontas das falésias nos extremos que formam uma baía. À entrada, existe um pequeno sistema dunar sem proteções, onde vem desaguar a Ribeira de Benaçoitão.

A Praia do Barranco é dona de uma grande beleza natural, rodeada de uma paisagem verdejante e do azul do mar, sendo conhecida por ser muito frequentada por artistas, conferindo-lhe um ambiente alternativo muito próprio.Aluguer de toldos, espreguiçadeiras, Bar, Restaurante, Instalações sanitárias, Praia vigiada, Mergulho, Prática de nudismo, Bodyboard, Surf.



Praia da Boca do Rio





A Praia da Boca do Rio é uma praia na freguesia de Budens, no concelho de Vila do Bispo, no Algarve, Portugal. Fica a oeste do Forte de São Luí­s de Almádena, entre a Praia da Salema e a Praia de Almádena.

Situada na confluência de duas ribeiras, é uma praia tranquila. Uma das ribeiras define um vale amplo, originando uma zona alagadiça que tem aproveitamento agrí­cola. Há engenhos hidráulicos localizados ao longo dos dois vales, testemunhando a antiga ocupação humana. A Boca do Rio foi em tempos uma importante u201cvillau201d romana, subsistindo desta vestí­gios de frescos e de mosaicos, balneários, armazéns e uma fábrica de salga e conserva de peixe, com duas necrópoles associadas, pelo que terá possivelmente integrado um porto piscatório.

Não tem equipamentos de apoio. Existe um parque de merendas num eucaliptal, perto da praia.

 

Duas linhas de água confluem para esta tranquila praia, uma delas associada a um amplo vale onde se forma vasta zona alagadiça, atualmente com aproveitamento agrícola. Nas imediações da praia é possível observar engenhos hidráulicos, que testemunham a antiga ocupação humana no local.

A Boca do Rio foi em tempos uma importante “villa” romana, da qual subsistem vestígios de frescos e mosaicos, balneários, armazéns e uma fábrica de salga e conserva de peixe, com duas necrópoles associadas, pelo que terá possivelmente integrado um porto piscatório. Nas arribas para nascente (Ponta de Almádena) é possível visitar o Forte de Almádena e usufruir de uma deslumbrante vista panorâmica sobre a linha de costa. ct A foz da ribeira que desagua na praia forma habitualmente uma pequena área lagunar; subindo o pequeno curso de água para montante não são invulgares os avistamentos de lontra, ou dos seus vestígios.



Praia da Ponta Ruiva Vila do Bispo





A praia deve o seu nome a um enorme leixão de cor rubra que se destaca no extremo sul da praia, junto ao qual se forma uma onda famosa entre os surfistas.

Os tons avermelhados desta formação rochosa contrastam fortemente com o negro das escarpas de xisto que envolvem a praia. O acesso pedonal para a praia faz-se através de um trilho de média dificuldade que desce a arriba num local de declives mais suaves.

Apesar de procurada para a prática de surf, a praia mantém-se tranquila e sem marcas humanas; o aroma a esteva é intenso e podem observar-se matos endémicos de zimbro, atapetados pelos persistentes ventos fortes, e, mais perto da praia, plantas resistentes à salsugem como o funcho-do-mar. Uma pequena linha de água corta a parede rochosa da arriba e desagua no areal na época húmida.No caminho até à praia é comum avistarem-se cartaxos, pousados nos raminhos altos dos arbustos, e aves de rapina, sobretudo falcões.



Praia do Castelejo Vila do Bispo





Integrada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a Praia do Castelejo apresenta uma beleza deslumbrante em que as rochas negras de xisto contrastam com as areias douradas. O mar, de ondulação forte, oferece excelentes condições para a prática de surf e bodyboard.

O concelho de Vila do Bispo, devido à sua localização geográfica, é o único concelho do país que possui dois tipos de costa: a costa meridional e a costa ocidental.  A costa meridional, que se estende até ao Cabo de S. Vicente, oferece enseadas e baías com boas condições de abrigo. Fazem parte desta costa, as praias do Burgau, Cabanas Velhas, Boca do Rio, Salema, Figueira, Furnas, Zavial, Ingrina, Barranco, Martinhal, Mareta, Tonel e Beliche. Telheiro, Ponta Ruiva, Castelejo, Cordoama, Barriga e Murração são as praias da costa ocidental, localizada a norte do Cabo de S. Vicente, sendo bastante recortada e composta por arribas.  

Praia de Cacela Velha ou Praia da Fábrica Ria Formosa





A praia de Cacela ou praia de Cacela Velha, também designada Praia da Fábrica é uma praia que se situa na extremidade poente da antiga Pení­nsula de Cacela, a sul da aldeia histórica de Cacela Velha. Encontra-se integrada no Parque Natural da Ria Formosa. Caracteriza-se pela sua grande extensão, pelas suas águas tépidas e calmas durante o perí­odo estival e pela beleza das suas paisagens.

 

A praia situa-se na extrema nascente da Ilha de Cabanas, perto da barra de Cacela, e acede-se de barco a partir do Sítio da Fábrica em Cacela Velha. Esta vila histórica, onde vale a pena apreciar o casario muito branco ornamentado com o tradicional azul-cobalto, fez-se rodear por pomares de sequeiro que se estendem em colinas suaves até à ria.

A povoação cresceu em torno duma nora medieval e oferece uma magnífica vista altaneira sobre a Ria Formosa, junto ao Forte D. Paio Peres Correia. Atravessado o estreito braço de ria, o visitante depara-se com uma fina língua de areia, deserta e selvagem, em permanente mutação pela ação do mar e dos ventos. É na mais completa tranquilidade que se pode contemplar a rica flora dunar desta barreira arenosa, apenas interrompida nos locais onde o mar teima em galgar a muralha natural, e as inúmeras aves que nas dunas procuram refúgio, como o borrelho-de-coleira-interrompida, a rola-do-mar, ou a chilreta.









O que visitar e conhecer em Portugal

Os 9 melhores sitios para ver e visitar em Coimbra

Os 9 melhores sitios para ver e visitar em Coimbra

Jardim Botnico da Universidade de CoimbraO Jardim Botânico da Universidade de Coimbra, é um jardim botânico com 13,5 hectares de área, situado em Coimbra,Portugal. É membro da Associação Ibero-Macaronésica de Jardins Botânicos e da BGCI (Botanical Gardens Conservation International), e ap...
Os 9 melhores locais para visitar em Odemira

Os 9 melhores locais para visitar em Odemira

Praia da Costa (Santiago do Cacm)Junto à Lagoa de Santo André e integrada na área de Reserva Natural, a Praia da Costa de Santo André é um longo areal simultaneamente banhado pelo Oceano Atlântico e pelas águas tranquilas da lagoa. Rodeada por dunas douradas, esta praia de mar agitado é muito ...
Os 15 melhores pontos turisticos para visitar em Viana do Castelo

Os 15 melhores pontos turisticos para visitar em Viana do Castelo

Pelourinho de Soajo Arcos de ValdevezO Pelourinho de Soajo localiza-se no Largo do Eiró, na freguesia do Soajo, vila e concelho de Arcos de Valdevez, distrito de Viana do Castelo, em Portugal. Monumento Nacional desde 1910, o pelourinho do Soajo é um simples esteio ao alto, colmatado com uma face antropomórfica e um triâ...
Os 12 melhores locais para visitar em Coimbra

Os 12 melhores locais para visitar em Coimbra

Mosteiro de So Marcos de CoimbraO Mosteiro de São Marcos de Coimbra (séc. XV - ), atual Palácio de São Marcos, foi um convento masculino pertencente à Ordem e Congregação de São Jerónimo. Situa-se perto de Tentúgal, na quinta de São Marcos, freguesia de São Silvest...