Uma massa de ar quente do Norte de África vai passar pela Península Ibérica e fazer subir as temperaturas - os espanhóis chamam-lhe calima. Em território português, o Alentejo é a zona mais atingida.

Temperaturas a rondar os 30.º graus vão afetar certas zonas de Espanha, junto ao Mediterrâneo, partes de Itália e de França.

A Agência Estatal de Meteorologia espanhola (AEMET) prevê ainda a chegada de poeiras do deserto do Saara à Península Ibérica e ao Mediterrâneo, segundo uma publicação na sua página da rede social Twitter.

 

Esta massa de ar quente não está só a afetar Portugal, particularmente o Alentejo, mas também Espanha e França. No caso dos vizinhos espanhóis, as temperaturas deverão ultrapassar os 32ºC, e em França vão também chegar aos 30ºC. Isto quase no final de outubro, o que é completamente atípico.

Quanto às temperaturas em Portugal, os termómetros chegam aos 28ºC no Alentejo e devem manter-se elevadas até sábado, 29 de outubro. No restante país, chuvas e trovoadas, com temperaturas menos amenas a partir de quinta-feira, 27.

Portugal que este aumento da temperatura está relacionado com um fluxo do sul sobre a Península Ibérica que traz temperaturas 

No restante território, as temperaturas máximas deverão subir ligeiramente, entre um a três graus acima da média, estando acima dos 20.º na generalidade do território - Guarda e Bragança são as a únicas região abaixo desse limiar, com 15.º de máxima e 11.º de mínima e 19.º de máxima e 8.º de mínima, respetivamente.

De acordo com as previsões do IPMA, Santarém poderá chegar aos 26.º de máxima e 15.º de mínima, seguindo-se Sines e Faro, onde os termómetros deverão chegar aos 25.º de máxima e 18.º de mínima. Em Aveiro, Leiria, Lisboa e Setúbal estão previstos 24.º de máxima e as temperaturas mínimas rondam os 16.º 

 

Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal