OesteCim e AML mantêm, contudo, negociações para operacionalizar o processo do novo título, estando por definir o custo que vai ter e a sua entrada em vigor. Paulo Simões, secretário da Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCim), disse à Lusa que as duas entidades vão avançar com a criação do passe inter-regional, na sequência de uma recomendação da Assembleia da República no sentido de dotar o Plano de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes (PARTT) de mais verbas para ligações inter-regionais.

 

acordo está feito e pode vir a afetar a vida de muitas pessoas. Vai ser criado um passe único inter-regional que abrange tanto toda a Área Metropolitana de Lisboa como a zona do Oeste, incluindo concelhos como Arruda dos Vinhos, Cadaval, Torres Vedras, Caldas da Rainha, Óbidos, Nazaré e Peniche, entre outros. 

 

Até abril deste ano, entre os concelhos do Oeste do distrito de Lisboa, o passe de Arruda dos Vinhos para Lisboa, nas ligações diretas, tinha um custo total de 138€, subindo para 160€ a partir de Alenquer e Sobral de Monte Agraço, de 166€ de Torres Vedras e de 183€ na Lourinhã.

Em abril, com a entrada em vigor dos novos títulos de transportes, a OesteCim passou a financiar um desconto de 30 por cento nos passes das ligações rodoviárias inter-regionais: os passes baixaram para os 97€ em Arruda dos Vinhos, 112€ em Alenquer e Sobral de Monte Agraço, 116€ em Torres Vedras e 128€ na Lourinhã.

Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal