Esta estrutura pedonal, que gerou contestação por parte dos munícipes, terá 516 metros de comprimento e ficará suspensa a 175 metros do rio Paiva.



Localizada junto ao geo-sítio da Cascata das Aguieiras e nas imediações da escarpa conhecida como a Garganta do Paiva, a ponte deverá ficar concluída ainda em 2019 e apresentar-se-á com o tabuleiro em gradil, com uma largura útil de 1,20 metros.

Uma vez aberta ao público, será de utilização paga, devendo o respectivo preço apresentar-se em duas modalidades diferentes, consoante o visitante deseje conhecer apenas a ponte ou percorrê-la como parte integrante dos Passadiços do Paiva, cujo acesso, por enquanto, custa no máximo dois euros para cidadãos residentes fora do concelho, e 2,5 euros para moradores locais que adquiram um passe vitalício de acesso ao percurso.

 





O acesso à ponte será pago e os visitantes vão ter ao seu dispor vários pacotes de acesso. Num deles poderão apenas percorrer a ponte, mas também haverá opções para quem lhe quiser juntar o percurso dos Passadiços do Paiva. Atualmente o acesso à Melhor Atração de Aventura do Mundo custa dois euros.


 

A Presidente da Câmara Municipal de Arouca, Margarida Belém, apresentou a 516 Arouca na maior feira de turismo nacional, a BTL - Bolsa de Turismo de Lisboa 2019. Conheça o vídeo de apresentação daquela que será a maior ponte pedonal suspensa do mundo.