Rua de Santa Catarina

Possivelmente a rua mais emblemática e mais conhecida para o comercio do Porto. é nela que se situam o famoso café Majestic, a Igreja das Almas, e a Via Catarina Shopping.
Vizinha do Mercado do Bolhão, esta é uma rua para começar a ser descoberta no Jardim do Marquês de Pombal, e indo descendo-a com os olhos postos nos seus prédios de arquitectura única, e nas pessoas que por ali passam (embora muitas serem turistas).
Um bom local para adiquirir recordações da viagem.

A sua planificação ficou a dever-se ao espírito visionário dos Almadas cujas obras de requalificação, na segunda metade do século XVIII, trouxeram à cidade do Porto uma nova luz. A rua foi prolongada até à Alameda da Aguardente, hoje Praça do Marquês de Pombal. Com fachadas imponentes alberga alguns exemplos de Arte Nova. Com uma extensão de cerca de 1500 metros, a Rua de Santa Catarina é a artéria mais comercial da Baixa do Porto, estando parte dela vedada ao trânsito automóvel e reservada apenas a peões.

Rua comercial de Porto

A Rua Santa Caterina é a principal de Porto. Nela estão todas as lojas e todas as marcas de software, galerias comerciais e cafés, como a famosa majestosa. Também existem igrejas, uma deles é a linda capela da Almas. E milhares de terraços para ver, que a não ser nesta rua não existe

 

Porto é uma cidade cheia de cores para ser vista .. Pode facilmente visitar em 4 dias e certamente não ficará desapontado se o que procura e a autenticidade de Portugal. Santa Caterina é a alma das compras na cidade no final da tarde ganha vida com pessoas e perfumes.

Pontos de interesse 

Fachadas Arte Nova da Livraria Latina e da antiga Ourivesaria Reis & Filhos, localizadas à entrada da rua vindo da Praça da Batalha, à direita e à esquerda, respetivamente.

Galerias Palladium, no cruzamento com a Rua de Passos Manuel, projeto do arquiteto Marques da Silva, construído em 1914 para os Armazéns Nascimento, hoje alberga diversos estabelecimentos comerciais como a Fnac e a C&A.

Café Majestic, inaugurado em 1921 e hoje reconhecido como "de interesse público", foi o local de reunião da fina-flor da intelectualidade portuense, nomeadamente de Leonardo Coimbra e seus discípulos, e é hoje um dos principais pontos turísticos da rua.
Salão de Chá Império, muito perto do Majestic, outro estabelecimento histórico que abriu as suas portas em 1944.

Grande Hotel do Porto, inaugurado em 1880, é um dos hotéis de maior prestígio da cidade. Eça de Queirós era hóspede frequente deste hotel e aqui faleceu Teresa Cristina, a última imperatriz do Brasil, em 1889. Nele esteve também preso o primeiro-ministro Afonso Costa, em dezembro de 1917, aquando do golpe de estado de Sidónio Pais.

Via Catarina, centro comercial do grupo Sonae, inaugurado em 1996 após uma das maiores intervenções urbanísticas da zona, conservando a fachada da antiga sede do jornal portuense O Primeiro de Janeiro.

Capela de Santa Catarina ou das Almas, na esquina com a Rua de Fernandes Tomás, construída nos inícios do século XVIII.