O Ecomuseu Municipal do Seixal (EMS) tem por missão investigar, conservar, documentar, interpretar, valorizar e difundir testemunhos do Homem e do meio, reportados ao território e à população do concelho, com vista a contribuir para a construção e a transmissão das memórias sociais e para um desenvolvimento local sustentável. 

A Câmara Municipal do Seixal criou e abriu ao público o Museu Municipal do Seixal, em 1982, em instalações localizadas na Torre da Marinha (Arrentela). Em 1983, é denominado por Ecomuseu, assumindo como linhas estruturantes da sua programação a atividade referente ao território concelhio, a conservação dinâmica do património, sempre que possível in situ, e a interação com formas de participação da população e das comunidades na vida municipal.

Funcionalmente, baseia-se na gestão integrada de serviços, por que se reparte uma equipa permanente de cerca de 30 pessoas, abrangendo a investigação, a documentação, a conservação, a exposição, a difusão e a educação, centradas num vasto acervo museológico e num património muito diversificado.

Territorialmente, o EMS integra oito sítios (cinco núcleos museológicos e três extensões). Os núcleos são sítios ou espaços de propriedade e tutela municipais, musealizados ou com aproveitamento museológico atual ou programado. As extensões são sítios ou patrimónios integrados em espaços de tutelas mistas, com parcial aproveitamento museológico.




INFORMAÇÕES DE CONTACTO


TELEFONE



Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal