A Fortaleza de Peniche, monumento nacional desde 1938, localiza-se na cidade de mesmo nome, no distrito de Leiria, em Portugal. É uma fortificação implantada na encosta sul da Pení­nsula de Peniche, por sobre as arribas, entre o porto de pesca, a leste, e a Gruta da Furninha a oeste. .

É também um museu, historicamente designado como Museu Municipal de Peniche ou simplesmente Museu de Peniche. Existe enquanto tal desde o iní­cio da década de oitenta, reunindo colecções de arqueologia (representativas do espólio da gruta da Furninha), de arqueologia subaquática e terrestre da região de Peniche como objectos recolhidos no ilheu da Papoa por Jean-Yves Blot, provenientes do naufrágio do galeão San Pedro de Alcântara , além de vestí­gios paleontológicos locais únicos no mundo , de malacologia (ramo da biologia que estuda os moluscos), de construção naval e de artesanato local (rendas de bilros). A recuperação da área principal da prisão polí­tica foi feita graças a dinheiros da autarquia (Pavilhão C ). Poderiam a partir daí­ ser visitadas as antigas celas dos presos, o que atraiu anualmente um número considerável de visitantes (cerca de 100.000).

 

Edificação chave na defesa Atlântica do reino, a Fortaleza destaca-se pela traça típica em forma de estrela, incluindo o Baluarte Redondo, a Torre de Vigia e a Capela de Santa Barbara. Para além de importante praça defensiva, a fortaleza teve várias utilizações ao longo da história, sendo a mais conhecida prisão política. Acolhe o Museu Municipal com o Núcleo evocativo da Resistência à Ditadura do Estado Novo, sendo restituída à cidade com a Revolução do 25 de Abril de 1974.





INFORMAÇÕES DE CONTACTO


TELEFONE