porque há outras 20 razões para conhecer Portugal. Nas descrições do Telegraph, seja pelo histórico e muito elogiado vinho do Porto, pelo tradicional pastel de Nata (que deve ser comprado nos Pastéis Belém, dizem eles), pelo São João, altura em que se pode dar com um martelo na cabeça das pessoas, ou pelas ondas, não fosse o país um dos melhores destinos europeus para os surfistas, tudo vale para conhecer Portugal.

 

O artigo faz ainda rasgados elogios ao Douro, tido como o rio mais subestimado da Europa, e também à ilha da Madeira, que está longe de se equiparar a Ibiza. E se Lisboa e Porto encabeçam a lista de sugestões, o que dizer das cidades “secretas” de Portugal? “Toda a gente já ouviu falar de Lisboa e do Porto, mas e de Guimarães, Tavira e Sintra? Se esses nomes não lhe dizem nada, então está a perder uma oportunidade para descobrir como as cidades portuguesas eram antes de os turistas chegarem”.

 

Estádio Municipal de Braga

O lado histórico da capital

A cidade do Porto

O vinho do Porto

Os famosos Pastéis de Nata, claro

A ligação aos livros Harry Potter, uma vez que a autora costumava frequentar a livraria Lello nos anos em que viveu em Portugal.

O tempo

A ilha da Madeira

O facto de ser um dos destinos mais acessíveis na Europa

O dia de São João

As praias

As ondas

Os Açores

As cidades , Guimarães e Tavira

Os hotéis opulentos, tal como o Vila Vita Parc

Os bares de fado

O rio Douro

A Piscinas de Marés, projetada pelo arquiteto Álvaro Siza Vieira

Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal