A Tripadvisor anunciou esta semana os destinos Portugueses que estão a captar cada vez mais a atenção dos viajantes e que foram as escolhas dos seus utilizadores na categoria Travelers Choice do TripAdvisor revelam os melhores destinos portugueses e mundiais para 2018. Lisboa lidera o ranking nacional, e o Porto escapa, por pouco, ao pódio.




Cidade de Évora

ÉVORA, cidade histórica no coração do Alentejo, é herdeira de um rico e variado património cultural, construído e preservado ao longo do tempo. Fundada (ou refundada) pelo povo romano e por este denominada Ebora Liberalitas Iulia, a cidade foi a praça-forte que alicerçou, no Além-Tejo, aformação do novo reino de Portugal durante a Reconquista cristã peninsular do séc. XII. Após a consolidação das fronteiras com Castela, vários reis aqui fixaram a sua corte, particularmente na período das descobertas marítimas. O património histórico e artístico que hoje se preserva na cidade resultou em boa medida dessa longa permanência da corte. O conjunto monumental que esses tempos áureos legaram à cidade, em harmonia com o tecido urbano de cariz popular, estão na base da classificação de Évora como Património Cultural da Humanidade, desde 1986.  




Cidade de Cascais 

 

Reputada pela sua esplêndida praia de areia branca, pelas inúmeras lojas e encantadoras ruas de comércio e pelo seu cosmopolitismo, a vila piscatória de Cascais reinventou-se e tornou-se uma refinada estância à beira-mar e um dos destinos mais sofisticados da área de Lisboa.

A cidade, situada a poucos quilómetros da foz do Tejo, encontra-se aninhada entre a soalheira baía de Cascais e a majestosa Serra de Sintra. Exibe uma atmosfera deliciosamente marítima e requintada, atraindo visitantes durante o ano inteiro.

Cascais foi outrora um elegante retiro de Verão da monarquia portuguesa durante o século XIX e um porto de abrigo da realeza europeia durante a Segunda Guerra Mundial graças ao estatuto neutral do país. Com o passar dos tempos, esta atmosfera peculiar modificou-se e a cidade transformou-se num refinado pólo de cultura, com uma vibrante vida nocturna e uma qualidade de vida invejável. Porém, o esplendor e os ícones do seu apogeu marítimo mantiveram-se até aos nossos dias, através dos elegantes faróis, fortalezas e a Cidadela do século XVII.



Cidade de São Miguel, Açores









Terá sido entre 1427 e 1431 que navegadores portugueses descobrem São Miguel, logo após Santa Maria. O povoamento inicial data da década de 1440, sob a liderança de Gonçalo Velho Cabral, e é efectuado com colonos oriundos das regiões do Norte, Estremadura, Algarve e Alentejo. Posteriormente chegam comunidades de mouros, judeus e alguns estrangeiros, nomeadamente franceses e ingleses. Os solos férteis e a existência de algumas baías seguras rapidamente tornam a ilha num entreposto comercial. O crescimento económico sustenta-se essencialmente no cultivo e exportação de trigo e de pastel, que dinamizam o povoamento desta ilha.




Cidade de Lagos




Lagos é uma encantadora cidade algarvia que manteve as suas características tradicionais, ao mesmo tempo que se transformou num cosmopolita destino de férias que acolhe centenas de visitantes por ano.

Historicamente, o fascínio de Lagos esteve desde sempre associado à sua posição geográfica, no lado oposto à costa africana. O estuário de Bensafrim tem atraído colonizadores e invasores estrangeiros, tendo-se tornado um ponto fulcral para as viagens das descobertas na época de ouro dos Descobrimentos portugueses. O Infante D. Henrique trouxe a fama a esta região, fundando a sua escola de navegação na vizinha Sagres, tendo residido em Lagos e construído aí as suas famosas caravelas. Lagos desde logo se tornou um centro de actividade marítima, à medida que exploradores como Gil Eanes, o primeiro a dobrar o Cabo Bojador em 1434, partiu da cidade em busca de novas terras e fortuna. As caravelas que regressavam repletas de riqueza e escravos transformaram Lagos num entreposto comercial com África, o que aumentou a riqueza e prosperidade desta zona.




Cidade de Portimão




Com uma longa história como porto piscatório (os romanos já utilizavam a sua baía natural), Portimão desenvolveu-se nas últimas décadas, à semelhança do resto do Algarve, como um centro turístico, apresentando uma ampla oferta em hotéis e restaurantes e um comércio animado. Tornou-se um destino de férias popular devido, em especial, à famosa Praia da Rocha, uma série de belos areais dourados, pequenas baías e rochedos caprichosos. Portimão é também ideal para aqueles que apreciam a pesca de peixes de grande porte (como o espadarte), mas outros desportos náuticos, como o jet ski, a vela, o windsurf e o mergulho recebem apoio ao longo da linha costeira

 

Cidade do Porto




Os árabes permaneceram no Porto até que a cidade foi reconquistada pelo rei Afonso I de Astúrias. Depois da reconquista, foi quase abandonada até que, em 880, o último rei asturiano Afonso III, o Magno, ordenou que fosse repovoada.

Em 1096, o rei Afonso VI de Castela e Leão casou sua filha Teresa com Henrique de Borgonha e lhes concedeu um condado: o “Condado Portulacense”, com capital no Porto.

 

Cidade de Albufeira

 

ocalizado no sul de Portugal, no centro do Algarve, Albufeira, beneficia de um clima marcadamente mediterrânico, de temperaturas amenas, tanto do ar como da água do mar, que permite desfrutar das suas extensas praias de areia dourada todo o ano, numa excepcional atmosfera para a prática das mais diversas actividades desportivas bem como para a descoberta do seu importante património histórico-cultural. 

 

Ilha da Madeira

 

A ilha da Madeira foi descoberta pelos navegadores portugueses Tristão Vaz Teixeira, Bartolomeu Perestrelo e João Gonçalves Zarco em 1419, que apelidaram a ilha de ‘Madeira’ devido à abundância desta matéria-prima.
 
Tendo sido notadas as potencialidades das ilhas, bem como a importância estratégica destas, iniciou-se, por volta de 1425, a colonização destas ilhas.
 
No início do seu povoamento foram introduzidas algumas culturas agrícolas como a cana-de-açúcar, que rapidamente conferiu à metrópole funchalense uma franca prosperidade económica. Este facto levou a que na segunda metade do século XV, a cidade do Funchal tenha se tornado num porto de escala obrigatório para as rotas comerciais europeias.
 

Cidade de Lisboa









 
isboa é uma cidade especial com particularidades únicas: o som dos eléctricos antigos a subir e a descer as ruas empedradas, o eco do Fado em vários locais da cidade, um autêntico tesouro de edifícios históricos, mas também a cidade mais cool de Portugal, aberta a novas tendências e um paraíso de compras. 

Repleta de história e cultura, Lisboa é conhecida pela sua luminosidade única e pelo charme incomparável. Tornou-se um dos destinos favoritos da Europa graças à sua incrível diversidade, às paisagens magníficas e ao invejável clima soalheiro. Todos os locais da cidade mantêm um toque de tradição – Lisboa soube preservar a beleza e o encanto antigos, quer seja nas ruas repletas de vendedores de flores ou de castanhas assadas, nos esplêndidos edifícios adornados com azulejos, nas pastelarias emblemáticas ou nos restaurantes inspirados em velhas adegas.