Vila portuguesa entre os melhores medievais da Europa em 7 uma (1 portuguesa)

A uma hora de carro de Lisboa, esta vila é um destino incrível e uma das mais bonitas localidades fortificadas da Europa. Mais uma distinção para Portugal que, ainda este mês de julho, viu duas das suas cidades serem eleitas pelos leitores da prestigiada revista norte-americana Travel + Leisure como as melhores do continente.

Bruges (Bélgica)

A Bélgica fica no coração da Europa. Bruges, uma das suas belíssimas cidades, parece ter parado no tempo. Fundada no século 9, era um porto interior ligado ao mar por rios e canais.

Sveti Stefan (Montenegro)

Localizado na Riviera do Mar Adriático, Montenegro é famoso pelas suas belezas naturais, encantando milionários de diversas partes da Europa que escolhem as suas praias paradisíacas para passar as férias de verão,

 

Carcassonne (França)

A sua primitiva construção remonta aos povos Celtas, Galo-romanos e Visigodos. As fundações das suas casas e muralhas retratam com clareza essas sucessivas ondas migratórias

Pacentro (Itália)

Pacentro é um a pequena cidade com 1279 habitantes da província de L’Aquila, em Abruzzo, Itália. É uma bem preservada vila medieval e histórica histórica, situada na parte central da Itália

Sergiev Possad (Rússia)

A 75 km do nordeste de Moscovo fica a cidade de Sergiev Posad (Zagorsk na era soviética).

 

Óbidos (Portugal)

Suficientemente perto da capital e situada num ponto alto, próximo da costa atlântica, Óbidos teve uma importância estratégica no território. Já ocupada antes de os romanos chegarem à Península Ibérica, a vila tornou-se mais próspera a partir do momento em que foi escolhida pela família real. Desde que o rei D. Dinis a ofereceu a sua esposa D. Isabel, no séc. XIII, ficou a pertencer à Casa das Rainhas que, ao longo das várias dinastias, a foram beneficiando e enriquecendo. É uma das principais razões para se encontrarem tantas igrejas nesta pequena localidade



Dentro de muralhas, encontramos um castelo bem conservado e um labirinto de ruas e casas brancas que encantam quem por ali se passeia. Entre pórticos manuelinos, janelas floridas e pequenos largos, encontram-se vários motivos de visita, bons exemplos da arquitectura religiosa e civil dos tempos áureos da vila.

 

  • Vila portuguesa entre os melhores medievais da Europa em 7 uma (1 portuguesa)