Pontos turisticos da ilha da madeira roteiro 3 dias

O Passeio Público Marítimo, situado na zona oeste da cidade, percorre toda a extensão desde a Rua do Gorgulho (Lido) até à Ponta da Cruz, passando pela Praça da Região Autónoma da Madeira, Clube Naval do Funchal, Estação de Biologia Marítima e Complexo Balnear da Ponta Gorda. Espécies da flora madeirense foram, de forma harmoniosa, associadas a plantas exóticas ao longo deste passeio com relvados e bancos que permitem descansar, desfrutar da vista sobre o mar e apreciar os jardins que se estendem até à falésia.

 

Parque Santa Catarina

 

O Parque de Santa Catarina, com uma área de cerca de 36.000 m2, situa-se entre a Avenida do Infante e a Avenida Sá Carneiro. Com uma belíssima vista sobre o Funchal desde a sua baía até à Ponta do Garajau, este parque possui, um grande relvado, rodeado por diversos canteiros demonstrativos das inúmeras espécies arbóreas, arbustivas e herbáceas provenientes de todos os cantos do Mundo. Os visitantes podem ainda observar alguns viveiros de aves. Destacam-se neste parque municipal a Capela de Santa Catarina e a lagoa onde foi construída uma ilha para repouso e nidificação das aves que aí vivem.

 

Palheiro Gardens

 

Para além das vistas panorâmicas que oferecem, os jardins do Palheiro, compostos por amplos relvados e lagos, possuem algumas das mais raras e valiosas plantas exóticas do Mundo. O primeiro Conde de Carvalhal foi o seu proprietário de origem que, além de ter plantado aqui muitas árvores, deu início à coleção de camélias. Algumas das suas plantações de árvores são de há 200 anos atrás e ainda hoje podem ser observadas. Os jardins podem ser visitados todos os dias das 09:00 às 17:30, exceto dia 1 de janeiro e 25 de dezembro

 

Monte

 

O Monte é um dos locais mais aprazíveis da Madeira. Com uma localização privilegiada no anfiteatro da cidade do Funchal, a freguesia do Monte, localizada a cerca de 9 Km do centro e a 550 m acima do nível do mar é, sem dúvida, um dos locais do Funchal a visitar. No Monte encontram-se a famosa igreja de Nossa Senhora do Monte, os magníficos jardins do Monte e a antiga estação ferroviária que servia o Monte no trajeto de ligação entre a baixa do Funchal ao Terreiro da Luta.

 

Pico dos Barcelos

 

Construído em 1950, o Miradouro do Pico dos Barcelos está situado na freguesia de Santo António a cerca de 355 metros de altitude. A partir deste miradouro é possível contemplar uma panorâmica deslumbrante sobre a baía e a cidade do Funchal, com as ilhas Desertas em segundo plano. Este miradouro foi recentemente remodelado, contemplando agora mais espaços verdes e zonas de comercialização de produtos regionais, artesanais e de restauração, novas áreas de lazer e de apoio e uma melhoria substancial no acesso e circulação pedonal

 

Jardim Botânico

 

Nas suas áreas ajardinadas, superiores a 35.000 m2, mais de 2000 plantas exóticas, oriundas de todos os continentes, convivem e encontram-se tão bem adaptadas como no seu ambiente de origem. Quer seja amante da natureza, botânico ou turista, se deseja dar uma volta ao mundo pelo reino vegetal, conhecer um Museu de História Natural e um Herbário, visite este jardim. Encontra-se aberto todos os dias das 09:00 às 18:00 (venda de bilhetes até às17:30). Encerrado dia 25 de dezembro.

 

Monte

 

A Igreja de Nossa Senhora do Monte foi construída no séc.XVIII sobre os alicerces da primitiva ermida do séc. XV. Em 1748 um terramoto deixou a igreja destruída, tendo sido reconstruída em 1818. No altar-mor encontra-se a imagem de Nossa Senhora do Monte, venerada desde os primórdios do povoamento da ilha da Madeira. O túmulo de Carlos Habsburgo, Imperador da Áustria, da Hungria e da Boémia, exilado em 1921 na Madeira, encontra-se numa capela lateral. No dia 15 de agosto celebra-se o dia de Nossa Senhora do Monte, padroeira da Diocese e da cidade do Funchal.

 

Curral das Freiras

 

A freguesia do Curral das Freiras tem uma localização única na ilha da Madeira, situada na profundidade de um vale, rodeado de altas montanhas, constitui uma das panorâmicas de maior beleza. O miradouro Eira do Serrado localizado a 1.095 metros de altitude, permite desfrutar de uma espetacular vista sobre a freguesia do Curral das Freiras e as montanhas que a circundam. A Festa da Castanha, a 1 de novembro, é um evento muito popular onde os visitantes podem provar as várias especialidades feitas com castanha.

 

Camacha

 

A vila da Camacha, situada a uma altitude de 700 metros, dista 12 km do Funchal e 11 km de Santa Cruz. Esta freguesia é particularmente conhecida pelo seu folclore, contando com 7 grupos folclóricos, e pelo seu artesanato, os cestos de vimes, o bordado madeira e os barretes de orelhas em lã pura de ovelha. O bolo do caco com manteiga de alho, pão caseiro e poncha regional são algumas das especialidades da ilha da Madeira, que aqui encontra. Pode ainda realizar passeios a pé pelas levadas da Camacha. A Levada da Serra do Faial pode ser feita desde a Camacha até à Choupana – Funchal, ou ainda desde a Camacha até ao Santo da Serra. Qualquer um dos percursos leva os caminhantes numa agradável viagem onde abundam as diversas espécies de flora e fauna da floresta da Madeira.

 

Santo da Serra

 

A popularidade desta freguesia deve-se sobretudo ao ambiente natural de inspiração romântica, proporcionado pela luxuriante vegetação e pelo clima ameno, onde podemos encontrar algumas belas quintas, que atraem muitos visitantes. Uma das mais notáveis é a Quinta Blandy ou da Junta. A casa data de finais do século XIX, em seu redor desenvolveu-se um grande parque ajardinado com árvores seculares e inclui vários animais, veados, cavalos, pavões e outras aves. Num canto da quinta encontra-se um miradouro que oferece uma bonita vista sobre o vale de Machico e onde também é possível ter um vislumbre da ilha do Porto Santo. Um dos principais produtos agrícolas desta freguesia é o pero, muito utilizado para produzir a sidra. Todos os anos, em setembro, realiza-se a Mostra anual da Sidra.

 

Ribeiro Frio

 

O Ribeiro Frio é um parque natural localizado num vale do norte da ilha rodeado de altas montanhas, cobertas por uma mancha florestal da Laurissilva. Ali pode encontrar não só os viveiros de cultura de truta como também os fascinantes trilhos na natureza. O percurso PR11 - Vereda dos Balcões/Miradouro Balcões, tem início e fim no Ribeiro Frio, numa extensão de 1,5 Km (+ 1,5 Km de regresso), com uma duração total de 1h30. Do Miradouro são observadas belas paisagens sobre o profundo vale da Ribeira da Metade e da Freguesia do Faial.

 

Santana

 

Recentemente o concelho de Santana foi agraciado pela UNESCO com a distinção de “Reserva da Biosfera”. Ao visitar este concelho, poderá aproveitar para visitar algumas das suas atrações turísticas: as típicas “Casas de Santana” em forma triangular e revestidas de colmo, o Parque Temático da Madeira, os belos trilhos e os percursos pedonais recomendados situados em plena floresta Laurissilva. Todos os anos no mês de julho realiza-se um festival regional de folclore - 24 Horas a Bailar, que junta grupos folclóricos de toda a ilha da Madeira e também outros vindos de outros países. As especialidades gastronómicas de Santana são o pão de Santana, o ensopado de borrego, a carne de vinho e alhos, a sopa de trigo e as maçarocas cozidas.

 

Levada do Rei

 

 

A Levada do Rei inicia-se na Estação de Tratamento de Águas nas Quebradas em São Jorge e termina junto à nascente da levada no magnífico Ribeiro Bonito. Neste percurso de 5,1 km (mais 5,1 km de regresso), com uma duração de cerca de 4 horas, poderá vislumbrar as bonitas paisagens de São Jorge e Santana, rica em vegetação indígena, parte da floresta Laurissilva. Não deixe de visitar o Moinho de Água de São Jorge, com cerca de três séculos de história, este moinho é um bom exemplo de preservação, alimentado com as águas da Levada do Rei faz moer o trigo, o milho, a cevada e o centeio plantados em poios agrícolas de São Jorge.

 

  • Pontos turisticos da ilha da madeira roteiro 3 dias

O que fazer em - Madeira