Praia do Mirouo Vila do Bispo





Se procura uma praia practicamente selvagem,isolada, o Mirouço é o local ideal. Embora seja de acesso dificil, compensa pela beleza e aspecto inóspito.Um local único, um areal pequeno, que não se pode esquecer de visitar quando estiver em Vila do Bispo. 

A Praia do Mirouço apresenta um areal extenso, cuja área diminui bastante durante a maré alta. Quem a frequentar deve prestar atenção aos períodos das marés.As enormes escarpas da falésia encobrem este pequeno paraíso escondido.O acesso é feito por um caminho de terra proveniente da Estrada Nacional 268. Chegado à praia, terá que descer por um trilho na falésia de dificuldade elevada, na zona Sul.



Praia do Burgau





Localizada perto da tpica aldeia de pescadores do porto de Burgau, uma praia bastante calma e adequada s frias em famlia, como o Resort Porto Dona Maria, uns 2.5 Km da praia. Outras charactersticas desta praia incluem um parque de estacionamento, restaurantes e casas de banho pblicas. Esta praia apenas vigiada durante o vero.

Praia do Castelejo Vila do Bispo





Integrada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a Praia do Castelejo apresenta uma beleza deslumbrante em que as rochas negras de xisto contrastam com as areias douradas. O mar, de ondulação forte, oferece excelentes condições para a prática de surf e bodyboard.

O concelho de Vila do Bispo, devido à sua localização geográfica, é o único concelho do país que possui dois tipos de costa: a costa meridional e a costa ocidental.  A costa meridional, que se estende até ao Cabo de S. Vicente, oferece enseadas e baías com boas condições de abrigo. Fazem parte desta costa, as praias do Burgau, Cabanas Velhas, Boca do Rio, Salema, Figueira, Furnas, Zavial, Ingrina, Barranco, Martinhal, Mareta, Tonel e Beliche. Telheiro, Ponta Ruiva, Castelejo, Cordoama, Barriga e Murração são as praias da costa ocidental, localizada a norte do Cabo de S. Vicente, sendo bastante recortada e composta por arribas.  

Praia da Murração





uma pequena praia mas com um amplo e comprido areal, conhecido como a Prola da Costa Vicentina, tem a reputao de ser uma praia de beleza excepcional devido as suas dunas ondulantes e abundante paisagem de zimbros endmicos desta regio que ladeiam os seus penhascos. Como encontra-se bastante isolada, no apresenta qualquer tipo de infra estrutura.

Praia do Telheiro





Apesar de relativamente abrigada da nortada fria, esta é uma praia tranquila devido ao acesso que se faz por um trilho íngreme, percorrendo as bancadas calcárias da arriba até ao areal.

Na área envolvente dominam campos agrícolas e pastagens, e é comum o avistamento de aves de rapina, sobretudo falcões, em busca de alimento.

É a última praia a ocidente antes do cabo de S. Vicente e surpreende pela beleza e diversidade de formações rochosas, a que não será alheio o facto de ser este o ponto de encontro entre o maciço escuro de xisto que aflora na costa ocidental (antiga cadeia de montanhas, muito enrugada e deformada) e a orla sedimentar meridional, composta por arenitos alaranjados, pelo grés de Silves de cor rubra, e por calcários claros, caprichosamente esculpidos.

Diversas plantas aromáticas colonizam as bancadas calcárias da arriba; já junto da linha de água que alcança o areal desenvolve-se vegetação exuberante, com tamargueiras e caniços.



Praia do Zavial





Apesar de ser uma praia bastante popular entre os surfistas, o lado este dispe de aguas mais calmas devido ao tipo de rochas chamadas de Furnas.

Praia da Ponta Ruiva Vila do Bispo





A praia deve o seu nome a um enorme leixão de cor rubra que se destaca no extremo sul da praia, junto ao qual se forma uma onda famosa entre os surfistas.

Os tons avermelhados desta formação rochosa contrastam fortemente com o negro das escarpas de xisto que envolvem a praia. O acesso pedonal para a praia faz-se através de um trilho de média dificuldade que desce a arriba num local de declives mais suaves.

Apesar de procurada para a prática de surf, a praia mantém-se tranquila e sem marcas humanas; o aroma a esteva é intenso e podem observar-se matos endémicos de zimbro, atapetados pelos persistentes ventos fortes, e, mais perto da praia, plantas resistentes à salsugem como o funcho-do-mar. Uma pequena linha de água corta a parede rochosa da arriba e desagua no areal na época húmida.No caminho até à praia é comum avistarem-se cartaxos, pousados nos raminhos altos dos arbustos, e aves de rapina, sobretudo falcões.



Praia da Lota





A praia da Lota, também designada Praia do Alto ou Praia do Sí­tio do Alto, é uma praia situada na extremidade oriental da linha costeira da freguesia de Vila Nova de Cacela, concelho de Vila Real de Santo António, no Algarve, Portugal. É ladeada a nascente pela Praia da Alagoa e a poente pela Praia da Manta Rota e constitui uma das praias da Baí­a de Monte Gordo.

Em 2015 tem atribuí­da a Bandeira Azul, atestando a boa qualidade das suas águas. Abonada por um mar calmo, a tí­pica aldeia piscatória rendeu-se ao turismo de massas.

A Praia da Lota surge na continuidade da Manta Rota, concentrando a atividade piscatória daquela povoação. Assim, e à medida que se atravessam os quase 200 metros de passadeira para alcançar o areal, observam-se diversas embarcações de pesca artesanal, casas de aprestos e as artes de pesca, trazendo a memória do tempo em que este areal era utilizado como lota e se vendia o peixe acabado de chegar da faina no mar.

A faina ainda se mantém, mas o uso do areal é agora essencialmente balnear, tratando-se duma praia imensa com diversos apoios ao lazer e uma área desportiva. As dunas são baixas tendo como vegetação dominante o estorno e o felpudo cordeirinho-da-praia, típicos da frente dunar. Mais para o interior abundam matagais dunares altos com o característico piorno-branco. A praia é relativamente tranquila, muito quente e luminosa, a rebentação é suave e os banhos mornos.



Praia da Barriga Vila do Bispo Algarve





Esta é uma praia tranquila, com interessantes recantos originados pelo recorte das arribas. Caminhando para sul é possível alcançar na baixa-mar a Praia do Castelejo, passando pela Cordoama, e observar as paredes rochosas, com as suas lâminas sobrepostas intensamente dobradas e deformadas, testemunho das forças da natureza a que estas rochas foram sujeitas. 

A Barriga surge após uma curva apertada da estrada, no troço final de um vale largo e muito verde. Até alcançar o areal, atravessam-se relvados naturais que se estendem pela foz duma pequena ribeira e pelas dunas baixas que a circundam.

O areal é amplo, protegido por arribas altas e escuras, fazendo parte de uma faixa contínua de areias que se alonga até ao Castelejo, numa extensão de cerca de 3 km. Assim, caminhando para sul na baixa-mar, é possível alcançar a Praia do Castelejo, passando pela Cordoama, e observar as paredes rochosas, com os seus estratos intensamente dobrados e deformados, testemunho das forças incríveis a que estas rochas foram sujeitas.

Nas arribas, a vegetação é rasteira e resistente à salsugem e aos ventos fortes, substituindo os pinhais jovens que ladeiam o acesso até à praia. Esta é uma praia muito tranquila, com interessantes formações rochosas na linha da maré e muitos recantos originados pelo recorte das arribas.



Praia de Ado e Eva freguesia de Monte Gordo,





A Praia de Adão e Eva é uma praia marí­tima da freguesia de Monte Gordo, concelho de Vila Real de Santo António, no Algarve, Portugal. Corresponde ao areal a poente da Praia de Monte Gordo e a nascente da Praia do Cabeço - Retur. Está envolvida por um pinhal de pinheiro-manso e pinheiro-bravo onde ainda existe uma das poucas populações de camaleão de Portugal. Frequentada essencialmente por caravanistas estrangeiros.



Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal