Praia da Franquia Vila nova de mil fontes





Junto a Vila Nova Milfontes, uma das estâncias balneares mais concorridas do litoral alentejano, a Praia da Franquia está separada da sua vizinha Praia do Farol por um esporão rochoso. Sendo uma praia fluvial, as suas águas tranquilas são ideais para as crianças e para a prática de desportos náuticos como o windsurf e a canoagem. Para completar a animação, existe uma ampla oferta de bares, esplanadas e discotecas, a que se juntam os numerosos restaurantes onde se pode provar deliciosos pratos confecionados com peixe fresco e marisco.

É uma das principais praias de Vila Nova de Milfontes e aquela que está mais próxima do meio urbano, junto à Avenida Marginal. Verdadeira praia de rio, situa-se junto à foz do Mira, na margem norte.

De acesso fácil e fraca ondulação, é frequentada por famílias com crianças mas também pelos amantes dos desportos aquáticos. A pratica de conoagem e stand up paddle é comum nesta praia.



Praia de Almograve Odemira





Inserida no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a Praia de Almograve faz a diferença numa costa rochosa e recortada, pelo seu extenso areal cercado de arribas e dunas avermelhadas. Com infraestruturas de apoio e espaçoso parque de estacionamento, a praia está situada junto à vila de Almograve, uma povoação tranquila que vale a pena percorrer a pé e sem pressas. Para sul, fica o Cabo Sardão, um lugar agreste mas muito belo, de onde se avista um deslumbrante panorama sobre a costa recortada que esconde praias desertas.

Situa-se a cerca de quinhentos metros do centro da aldeia de Almograve, um percurso que pode ser feito a pé e que possibilita ao visitante um maior relaxamento na praia. Constituída por duas partes distintas de praia, em que uma delas é formada por rochas e arribas de xisto, denominada como praia de Nossa Senhora, e a outra, a maior parte, a praia com o mesmo nome da aldeia, apresenta um longo areal que vai de encontro às dunas.

Estas duas praias, à semelhança das da Costa Vicentina em todas as suas dimensões, são por si só indicativos bastantes agradáveis, podendo-se traduzir em verdadeiros oásis para os banhistas que as frequentam.



Praia dos Alteirinhos Odemira





Com acesso por uma estrada de terra batida a sul da Zambujeira do Mar, em pleno Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a Praia dos Alteirinhos é uma praia tranquila, de areia fina e dourada. Abrigada por uma falésia alta, que a protege dos ventos, e no cimo da qual existe um parque de estacionamento, esta praia possui recantos isolados que por vezes são frequentados por naturistas. Para sul dos Alteirinhos, fica a Meia Praia ou Meia Laranja onde, na maré baixa, podemos observar rochas de formatos curiosos.



Praia de Carvalhal (Odemira)





Situada a poucos quilómetros da Zambujeira do Mar, com acesso por uma estrada de terra batida a sul desta localidade, a Praia do Carvalhal é bastante concorrida durante o verão.Integrada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina que é considerado o troço de litoral europeu melhor preservado, esta praia possui um areal espaçoso mas pouco extenso, limitado por altas falésias e banhado pelo mar de ondulação forte com boas condições para a prática de surf.

   

Praia do Malho





Num areal enorme que é genericamente designado por Praia do Malhão, coexistem diversas pequenas praias diferenciadas pelos acessos e designadas por Praia da Cruz, do Saltinho, dos Nascedios e das Galés.Integrada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, uma área protegida muito bonita, a Praia do Malhão é tão grande que é sempre possível encontrar espaços desertos, apesar de ser muito procurada pelos veraneantes e por surfistas atraídos pela ondulação forte deste mar bravio.



Praia da Fonte do Cortio





Com um areal enorme rodeado de dunas, a Praia da Fonte do Cortiço é uma das mais bonitas desta região. Banhada pelo mar agitado, que pode esconder alguns perigos, esta Praia oferece a possibilidade de fazer longas caminhadas à beira-mar ou seguir os percursos pedestres que daqui partem em direção à Lagoa da Sancha, área de Reserva Natural, que possui fauna e flora diversificadas.



Praia de So Torpes





A Praia de São Torpes é uma praia portuguesa situada no concelho de Sines, em plena zona costeira do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

Esta praia possui um extenso areal de areias finas e claras, com águas procuradas por surfistas e por adeptos de águas mais quentes, já que, perto da praia encontra-se um complexo energético da EDP.

É famosa, sobretudo, por acreditar-se que foi nesta que deu à costa o corpo de São Torpes e a quem foi buscar o nome pelo qual se tornou conhecida. Perto da praia encontra-se o Padrão de São Torpes, que marca o local exato onde o santo e mártir cristão foi sepultado.

Uma ondulação forte e regular faz da Praia de São Torpes uma das melhores para a prática de surf na costa portuguesa, existindo aqui diversas Escolas que possibilitam a aprendizagem desta modalidade. Integrada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, mais precisamente no seu extremo Norte, a Praia de São Torpes possui um areal extenso, pontuado aqui e ali por algumas rochas, banhado por um mar com temperatura mais elevada do que as suas vizinhas.



Praia da Costa (Santiago do Cacm)





Junto à Lagoa de Santo André e integrada na área de Reserva Natural, a Praia da Costa de Santo André é um longo areal simultaneamente banhado pelo Oceano Atlântico e pelas águas tranquilas da lagoa. Rodeada por dunas douradas, esta praia de mar agitado é muito procurada pelos veraneantes. Quem prefere águas mais calmas, pode optar pela lagoa onde encontra condições para a prática de windsurf e canoagem ou simplesmente para passear, observando a belíssima paisagem e as diversas espécies de aves que ali nidificam.



Praia do Monte Velho Santiago do Cacm





A Praia Monte Velho fica próxima da Lagoa de Santo André, em Santiago do Cacém.Para se aceder à praia é necessário caminhar sobre os passadiços que existem sobre as dunas. É uma caminhada de menos de 10 minutos entre o estacionamento e a praia mas vale bem a pena! É muito bonito!A praia caracteriza-se por ter areia grossa e mar agitado. Não tem vigilância nem qualquer infra-estrutura de apoio, por isso pode ser perigoso entrar no mar.

A praia do Porto das Carretas ou Monte Velho faz parte da grande praia Troia - Sines. Praia com areias muito brancas e ainda muito selvagem, e por isso sem apoios, está integrada na Reserva Natural das Lagoas da Sancha e Santo André



Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal