Praia do Penedo Mouro na Ericeira





A Praia do Penedo Mouro localiza-se numa reentrância pouco pronunciada da falésia. As rochas predominam neste cenário. Aqui, o areal é inexistente.Na zona Norte, existe uma enorme laje com cerca de 100 metros de comprimento que se estende desde a base da falésia e se prolonga mar adentro.



Praia dos Tombadoiros Ericeira Mafra





A Praia dos Tombadoiros localiza-se sobre uma enorme laje rochosa na base da falésia, nas imediações da Estrada Nacional 247.O areal reduz-se a pequenas tiras de areia entrecortada por inúmeros seixos.O mar é por norma agitado. Durante a maré alta, alcança a falésia, fazendo desaparecer o diminuto areal sob as suas águas.



Centro Interpretativo da Serra do Socorro





nserindo-se na Rota Histórica das Linhas de Torres, esta área expositiva foi inaugurada em novembro de 2008, integrando também o Circuito da Enxara. A Serra do Socorro domina paisagisticamente o "coração das linhas de torres", rodeada de fortes e quartéis-generais, tendo aqui sido instalada a estação central das comunicações das Linhas de Torres (1810-11).

A exposição patente organiza-se em três núcleos: a História e Património da Serra do Socorro, as Comunicações Visuais na Guerra Peninsular e o Telégrafo da Serra do Socorro.

O Centro de Interpretação encontra-se instalado na área anexa à ermida da Serra do Socorro ou das Neves, edificada na primeira metade do século XVI (Rota das Enxaras).



Aldeia Museu de Jos Franco





Aldeia-Museu José Franco, Aldeia Típica de José Franco, Aldeia Típica do Sobreiro ou simplesmente Aldeia Saloia. Qualquer uma destas designações aponta a bússola para a pequena localidade do Sobreiro, entre a Ericeira e Mafra, onde se situa uma das mais reconhecidas aldeias musealizadas do país.

A história da pequena aldeia remonta ao nascimento do oleiro José Franco, em 1920. O seu pai era sapateiro e a mãe, vendedeira de loiça, fazendo a venda de barros de porta em porta, bem como por muitas feiras e mercados estremenhos. Visto que o Sobreiro era um importante centro oleiro, desde cedo José Franco conviveu com o ofício e, ainda criança, ao deixar a escola primária, aprendeu o ofício com dois mestres oleiros locais, antes de trabalhar por conta própria, aos 17 anos de idade. Nessa época, reabilitou a olaria que tinha pertencido ao avô, há muito desativada.

Em início dos anos 60, José Franco deu asas a um sonho, de recriar uma aldeia de caráter etnográfico, onde as suas memórias de infância se cristalizassem, testemunho do modo de viver das gentes locais, em homenagem à sua terra. A sua aldeia teria dois componentes: seria uma réplica das antigas oficinas e lojas, dos espaços vividos, decorados e apetrechados por objetos reais, onde se reproduziam os costumes e atividades laborais intrínsecas à sua infância e à vida camponesa da região de Mafra; em simultâneo, a aldeia compreendia uma área lúdica, dedicada às crianças, repleta de miniaturas de casas e habitantes que retratavam as atividades exercidas à época: trabalhos no campo, carpintarias, moinhos de vento, capelas, mercearias, escolas, adegas, camponeses e até uma reprodução da vila piscatória da Ericeira e dos ofícios ligados ao mar. Em anos posteriores, a Aldeia-Museu foi beneficiada pela construção de uma terceira área, murada como um castelo, com um parque-infantil, incorporando alguns engenhos agrícolas, que as crianças podiam movimentar livremente.

Hoje, o pequeno mundo moldado pelas mãos de José Franco (falecido em 2009) é visitado anualmente por milhares de pessoas. E, para além da exposição das figuras, no museu que lhe foi dedicado, os visitantes encontram réplicas à escala humana de muralhas de castelos, moinhos de vento, um parque infantil, uma pequena adega onde podem provar o vinho da região ou ainda a padaria, onde podem comprar o afamado pão com chouriço, entre outros. Na Aldeia de José Franco cabe a dedicação de uma vida à nobre atividade tradicional da olaria, expondo ainda a rica cultura artesanal do Concelho de Mafra.



Praia do Portinho Correia





A Praia do Portinho Correia localiza-se numa pequena enseada junto à aldeia de Casais de São Lourenço. Está protegida contra ventos provenientes de todas as direções, à exceção de Oeste.



Praia da Foz do Lizandro





A Praia da Foz do Lizandro é uma praia marí­tima onde desagua o rio com o mesmo nome, situada na freguesia de Carvoeira a 2,3km do centro da mesma, a 3,5km do centro da Ericeira, a 10,2km de Mafra. A praia é de areia branca e fina, é usada para praticar surf e não é muito frequentada por banhistas. O mar não é muito calmo, mas dá para nadar sem preocupação. Atualmente a praia é galardoada com o prémio Bandeira azul.

A praia possuí­ um parque de estacionamento grande e gratuito e dispõe de dois bares (Lí­mpico e Barbatana Surf&Deli) e de dois restaurantes (Retiro da Bela Sombra e NaOnda Bar::Restaurante). O areal tem 0.06105248km de área.

 

Situada na freguesia da Carvoeira, a praia da Foz do Lizandro apresenta a maior extensão de areal do Concelho de Mafra e uma paisagem natural indissociável do rio Lizandro, que ali desagua e lhe dá o nome.

Mais do que uma estância de veraneio, esta praia é um polo de lazer, integrando modernos bares e restaurantes com esplanadas. Os estabelecimentos encontram-se dispostos ao longo de um passadiço sobrelevado, paralelo à frente de rio/ mar e que permite efetuar a ligação a um amplo parque de estacionamento.

A praia conta ainda com outros equipamentos, entre os quais balneários, instalações sanitárias e posto de primeiros-socorros, zona desportiva no areal (e também no mar, já que as ondas desta praia são famosas além-fronteiras), duche, colmos e espreguiçadeiras para aluguer. Praia vigiada com nadador-salvador e sistema SOS Praia.



Praia da Empa em Mafra toda informao





É uma praia pequena, frequentada sobretudo na baixa-mar, mas acomoda vários encantos. Além das rochas e pocinhas, concentram-se aqui duas das ondas que compõem a Reserva Mundial de Surf da Ericeira: as irmãs gémeas que dão pelo nome de Pedra Branca e Reef seduzem surfistas e bodyboarders ao longo do ano inteiro. Não vigiada, mas com sistema SOS Praia, dispõe de instalações sanitárias móveis durante a época balnear.

A Praia da Empa, também conhecida por Praia da Pedra Branca, tem um areal de pequenas dimensões na zona Norte. Na zona centro, existe uma enorme laje rochosa com cerca de 100 metros de comprimento.O mar costuma ser bastante agitado.

O acesso a partir do estacionamento de apoio no topo da falésia, é feito por uma escadaria que se bifurca em duas a meio e segue direções opostas.Esta praia integra a Ericeira World Surfing Reserve.

A escassos metros da Praia da Empa (basta mesmo atravessar a Estrada Nacional 247) localiza-se o Ericeira Camping (distinguido com o galardão GreenKey), que se diferencia pela oferta de serviços no âmbito do campismo e caravanismo. 



Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal