Um dos ex-líbris de Lisboa é o Elevador de Santa Justa, local de visita obrigatória se estiver de passeio pela capital. É também muito concorrido, as filas podem ser grandes e o preço, embora não sendo muito alto, pode ser considerável se se tratar de uma visita familiar (5€ por pessoa). Se quiser aproveitar a vista e abdicar da viagem de elevador a solução é subir a pé até alcançar o miradouro. O percurso não é longo e é agradável, apesar de ser sempre a subir. Só tem que seguir até à Rua do Carmo, virar à direita na Rua Garret e logo depois, também à direita na Calçada Sacramento. Chega ao Largo do Carmo.

 
Aí, à direita do Museu Arqueológico do Carmo existe uma rua que nos leva direto ao Miradouro. Só tem que pagar 1,50€ para subir o último lanço de escadas e alcançar o topo. A vista vale muito a pena!
 
O elevador Santa Justa em Lisboa é um ponto turístico imperdível da cidade. São 5€ para fazer o passeio no antigo elevador que liga os dois níveis da cidade (alta e baixa). O passeio consite em subir e descer (quando você quiser), mas o melhor é subir até o último nível já na parte de cima e se impressionar com as incríveis vistas da capital portuguesa.
Belíssimo!!
 
O elevador te deixa no topo, e você tem que subir uma escada de caracol para chegar até o mirante, que não é um espaço muito grande, mas oferece uma das melhores vistas da cidade. É possível ver os principais pontos da cidade, como o Castelo de São Jorge, assim como o rio Tejo... maravilhoso.

 
Você também pode tomar um café, e percorrer os corredores, envolvidos pela estrutura de ferro do elevador e do mirante. Na saída, você vai dar de cara com uma pracinha muito charmosa, com lojas de todo o tipo. Monumento imprescindível em Lisboa.
 
Elevador de Santa Justa, também referido como Elevador do Carmo, é um sistema de transporte público, situado no centro da cidade de Lisboa, no distrito de mesmo nome, em Portugal. Liga a rua do Ouro e a rua do Carmo ao largo do Carmoe constitui-se num dos monumentos mais interessantes da Baixa de Lisboa. É composto por uma torre metálica onde circulam duas cabinas, e por uma passadeira que liga o piso superior à zona do Carmo. A estrutura do elevador é composta por ferro fundido, e utiliza um esquema inspirado no estilo neogótico. Foi construído sob a gestão do distinto engenheiro Raoul Mesnier du Ponsard, conhecido por ter feito outros projectos do mesmo tipo em território nacional. Este elevador foi planeado desde a Década de 1890, mas o projecto só foi aprovado pela Câmara Municipal de Lisboa em 1900[, ano em que se iniciaram as obras.Durante a construção, uma das fases mais impressionantes foi a deslocação do viaduto e do pilar de suporte para as suas posições respectivas, manobra que foi executada através da rotação dos componentes inteiros. O elevador foi inaugurado em 1902.

A bilheteira localiza-se por trás da torre, sob os degraus da rua do Carmo. Os passageiros podem subir ou descer pelo elevador dentro de duas elegantes cabinas de madeira com acessórios de latão.

Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal