O Zêzere encontrou aqui, no seu curso, um duro obstáculo rochoso que teve de contornar. Um moinho escavado na rocha saúda a sua chegada. Ali à frente podemos desfrutá-lo no parque de campismo ou na praia fluvial com o seu extenso areal. O núcleo central da aldeia, sua igreja e capelas, sentem a envolvência do rio e tranquilizam-no com mais murmúrios de xisto que ele voltará a receber em Álvaro e em Pedrógão Pequeno. São as cumplicidades do Zêzere com as Aldeias do Xisto.

Dentro da aldeia há todo um conjunto de pontos de interesse que nos prendem, desde o património religioso e arquitectónico, passando pelas recentes infraestruturas para acolher os visitantes, até à curiosa memória do "Tronco", lugar onde antigamente se ferravam os animais. Ali próximo está ainda a Barragem de Sta. Luzia.

É a aldeia dos cinco parques: parque infantil, parque desportivo, parque de lazer, parque fluvial, parque de campismo.

rede wireless “centro.natureza” está disponível de forma totalmente gratuita. Este ponto wireless, cofinanciado pelo Turismo do Centro de Portugal, foi criado no âmbito do programa Valorizar promovido pelo Turismo de Portugal e que visa o apoio ao investimento na promoção da qualificação do destino turístico Portugal.

 

O Zêzere encontrou aqui, no seu curso, um duro obstáculo rochoso que teve de contornar. A aldeia estabeleceu-se sobre essa extensa saliência da margem direita do rio.

A malha urbana é complexa, agregada de modo aparentemente aleatório. A povoação viu crescer as casas num padrão irregular, ajustadas da forma mais conveniente aos declives do terreno. As paredes dos edifícios, em alvenaria argamassada, sofrem de idade avançada, e as remodelações introduzidas em muitos casos pela mão do povo deram nova vida a Janeiro de Baixo. O material de construção predominante é o xisto, com a particularidade de muros e fachadas incluírem seixos rolados de tons claros recolhidos no leito do rio. Muitas fachadas dos edifícios estão rebocadas e pintadas, a maioria recorrendo a cores tradicionais.

Merecem destaque:

  • Igreja matriz
  • Capela do Santo Cristo
  • Fonte de mergulho
    Monumento, datável do séc. XVIII, construído em xisto. Permite perceber onde e como era efectuada a recolha de água para consumo domèstico.
  • Antiga Escola Primária
    O edifício da antiga escola primária foi construído no âmbito denominado "Plano dos Centenários" lançado pelo Estado Novo. Após obras de reconversão que respeitaram as suas linhas arquitectónicas, alberga o PONTO MAIS.
  • Capela de São Sebastião
    Templo singelo, próximo do Largo da Igreja, com alpendre recente, em estrutura de madeira. Também nesta aldeia, a devoção a S. Sebastião leva à realização da Festa do Bodo aquando da festividade deste santo (20 de Janeiro).
  • Alminha
    Construída em xisto, na Rua do Outeiro, à entrada da aldeia.
  • Moinho escavado na rocha
    A azenha e o moinho (em ruínas) são elementoe ímpares pelo esforço empreendido na escavação da rocha;
  • Tronco
    Local onde antigamente se ferravam os animais, recentemente recuperado.
  • Fornos tradicionais
    Para cozimento do pão e confecção de refeições.

Turismo em Portugal

Explora restaurantes museus hoteis e muito mais em Portugal