20 dicas de locais para visitar em Portugal com fotos

O turismo em Portugal tem vindo a atravessar uma onda de sucesso e, apesar da sua popularidade, continua a ser um dos melhores destinos de valor. Tem tudo - uma rica história, arte inovadora, vistas deslumbrantes e locais super amigáveis e descontraídos. A visita também se tornou mais fácil, uma vez que a TAP Portugal, a principal companhia aérea do país

1 Madeira






Comece o ano certo ao acordar na Madeira. Este sistema de ilhas subtropicais tornou-se um dos destinos mais modernos de Portugal para caminhadas, passando dias quentes à beira-mar comendo comida exótica, além disso, a capital Funchal oferece uma das melhores festas de Ano Novo do mundo. Você terá a sensação festiva, sem o frio de casa. Se você não pode ir para o Ano Novo, não há problema; visitar a ilha principal e ilhas menores, adjacentes, é sempre um bom plano e o Porto Santo é onde os entusiastas da praia encontrarão um dos mais belos trechos de areia em Portugal. Outros marcos na Madeira e nas ilhas menores incluem a casa que pertenceu a Cristóvão Colombo, o Museu Cristiano Ronaldo, chamado Museu CR7, e o Museu do Vinho da Madeira. 

2 Porto






Não perca a segunda maior cidade de Portugal. Pode parecer muito com a capital, uma vez que ambas são caracterizadas por edifícios antigos e coloridos espalhados pelas ruas íngremes e que se situam ao lado de grandes rios, mas o Porto é o yin do yang de Lisboa. Onde Lisboa é literalmente brilhante e ensolarada, Porto brilha com cultura. Quem gosta de azulejos  de Portugal não deve perder a estação de São Bento , que oferece um impressionante mosaico de azulejos, transformando as paredes em memoráveis obras de arte. Não há escassez de jardins, palácios medievais e catedrais, e a culinária é muitas vezes referida como a melhor do país. Conhecida pelo famoso vinho do Porto ,   os trechos vinhedos do Porto  compõem a maior parte do Vale do Douro .

3 Lisboa






A capital continua no topo dos roteiros de viagem, e os visitantes geralmente não podem esperar para mergulhar em autênticos pasteis de nata , experimentar um dos muitos pratos de bacalhau e explorar as calçadas portuguesas Apesar do boom do turismo, esta continua sendo uma cidade que pode ser explorada com orçamento limitado e ainda é uma das capitais mais tranquilas e acessíveis da Europa. Os visitantes podem antecipar sinuosas estradas estreitas e pontos de observação fenomenais; passear à noite também é um deleite. Em Alfama , aromas de dar água na boca e melodias melancólicas (conhecidas como fadodesça de restaurantes aconchegantes que se alinham no estreito labirinto de ruas de paralelepípedos. Não perca o Chiado, o bairro da moda com a livraria mais antiga do mundo, ou o boho-chic Bairro Alto, que ganha vida à noite. O bom tempo e a abundância de luz do sol significam que nunca há um mau momento para visitar Lisboa.

4 Ericeira






O surf é uma das principais atrações em Portugal, e a Ericeira é uma pequena vila de pescadores com grande reputação por pegar ondas . Também é fácil chegar a partir de Lisboa e, embora não seja a cidade de praia mais próxima da capital, é uma das mais movimentadas. No entanto, sentar-se ao longo das falésias que circundam a costa e observar os surfistas (ou surfar você mesmo) não é a única coisa a fazer aqui; Os restaurantes da Ericeira estão entre os melhores lugares para se deliciar com frutos do mar frescos e deliciosos .

5 Algarve






O Algarve é um dos melhores lugares para misturar climas quentes, expedições de caminhadas, praias da moda e até cenários sociais mais modernos. Vale a pena visitar cada uma das principais cidades - incluindo Albufeira, Lagos, Vilamoura e Portimão - e um fim de semana longe pode convencer qualquer pessoa de que o céu existe aqui na Terra. Pequenos tesouros de águas brilhantes e penhascos hipnotizantes - como a praia de Camilo em Lagos - são espalhados pela região, e não se preocupe em não falar português se precisar de instruções. Muitos bairros do Algarve (se não a maioria), são mais falantes de inglês do que os portugueses atualmente, especialmente em torno de Albufeira e Vilamoura. Alguém que queira fugir das multidões de turistas portugueses, no entanto, ainda tem muitos lugares para visitar - algumas das cidades mais tranquilas são Sagres, Tavira e Aljezur.

6 Alentejo






Fique longe das multidões visitando a região do Alentejo . A capital da região, Évora, é outro local encantador com uma história rica e uma natureza misteriosa que a torna um destino perfeito para o Dia das Bruxas, especialmente quando se leva em consideração a  Capela dos Ossos , ou Capela dos Ossos. Dentro (e sobre) as paredes desta igreja do século XVI são aproximadamente 5.000 esqueletos humanos. É claro que os turistas não devem perder os outros locais históricos, como o Templo Romano ou a Catedral de Évora, nem esquecer de visitar um dos hotéis mais exclusivos de Alentjo . Évora e as aldeias vizinhas são refúgios ideais para a natureza, onde é possível esconder-se, apreciar a verdadeira comida de conforto e desfrutar de fenomenais vinhos




7 Óbidos






Falando de castelos, que tal visitar uma cidade localizada dentro das muralhas do castelo? Charmosa, pitoresca e romântica, Óbidos é um ótimo lugar para trazer uma câmera ou smartphone e tornar sua conta no Instagram mais colorida. Esperar aglomerados de casas brancas emolduradas em flores brilhantes e lojas de souvenirs prontas para os turistas. Não perca o sabor do  Ginja de Óbidos , um licor de cereja, por vezes servido em pequenas chávenas de chocolate. Uma vez oferecido como presente de casamento de reis portugueses às suas rainhas, a cidade desenvolveu a reputação de ser um dos destinos mais românticos de Portugal. Óbidos também foi rotulada como uma cidade para os amantes de livros

Serra da Estrela

Este destino é um pouco mais difícil de chegar, mas ainda vale a pena o esforço. Portugal não é todas as praias, e a Serra da Estrela é o lar do pico mais alto da montanha em Portugal continental (o mais alto em todo Portugal é na Ilha do Pico, Açores). Os amantes da natureza devem tomar nota, porque a cadeia montanhosa remota da  Serra da Estrela tem muito para ver e fazer , e é o único local para esquiar no inverno. Manchada de pequenas aldeias, incluindo uma das Sete Maravilhas em Portugal para 2017 , a montanha parece bastante remota e a natureza é a principal atracção, mas os apreciadores de comida podem degustar o mel caseiro e o queijo cremoso e pungente que é produzido lá.



 

Coimbra



No centro do país é uma cidade que atrai mais visitantes do que a maioria dos outros em Portugal. Coimbra é o lar de um grande número de ruínas romanas e medievais e é outro centro histórico, tendo outrora servido como a capital do país. Entre as atrações turísticas mais visitadas está a Universidade de Coimbra , que é uma das mais antigas instituições em busca de títulos do mundo. Mas sua maior reivindicação à fama é a biblioteca; A Biblioteca Joanina, de estilo barroco , foi listada inúmeras vezes como uma das mais belas bibliotecas do mundo.

São Miguel



Quase a meio caminho entre as costas americana e portuguesa é o arquipélago dos Açores, e cada ilha vale a pena uma visita. O maior, São Miguel , é o mais fácil de alcançar por via aérea, e há muito para ver neste oásis verde ondulado para uma experiência completamente açoriana. Trilhas, cachoeiras e os belos lagos gêmeos chamados de Lagoa das Sete Cidades são apenas o começo. Mas uma recomendação a não perder é Furnas. Esta pequena aldeia é onde os visitantes podem experimentar o lado brilhante do poder vulcânico, já que o solo é um lugar para relaxar e cozinhar alimentos devido às fontes termais naturais e ricas em minerais e caldeiras .

A Ilha de São Miguel é a ilha dos superlativos açorianos: a maior, a mais populosa, a mais diversificada, a mais vulcânica, a capital! É também sem dúvida a mais conhecida, por ser aquela que a maioria das pessoas visita num primeiro contato com o arquipélago dos Açores. Mas isso não invalida que haja muito a descobrir na Ilha Verde, assim apelidada pelos mil e um tons que desta cor exibe!

Ponta Delgada é o epicentro, uma cidade de dimensão considerável, virada para o mar, e um bom ponto de partida para explorar São Miguel. As opções são tantas que teremos de começar por algures: rumemos então ao ícone maior: As Sete Cidades! A perspetiva clássica da Lagoa Verde e da Lagoa Azul é a da Vista do Rei, onde se chega de carro. Mas a melhor está um pouco mais distante: acede-se pela Lagoa do Canário, e ao fundo do parque (que encerra demasiado cedo) sobe-se um pouco mais até ao indescritível Miradouro da Boca (ou Grota) do Inferno, onde facilmente nos sentimos a flutuar no vazio, dentro de uma gigante caldeira vulcânica e com várias lagoas à vista! Ali mesmo ao lado as lagoas das Empadadas merecem também uma visita! Descendo a estrada sinuosa até à aldeia, a “península” merece um desvio, imediatamente antes da ponte, de onde se acede a uma pequena estrada que ladeia parte da lagoa e onde muito poucos visitantes chegam.

Lagos Algarve



o que fazer no Algarve”, a cidade de Lagos aparece, portanto, na pole-position. Tudo devido aos vários pontos turísticos de enorme interesse. Podes iniciar o teu percurso pelo Forte da Ponta da Bandeira, uma fortaleza datada do século XVII, onde terás vista para o Atlântico e para a cidade. No interior desta estrutura é ainda altamente recomendável a visita à capela, que, vais notar, está totalmente coberta de azulejos.

O Algarve também é golfe e ainda não nos debruçamos sobre esta modalidade. Pois bem, chegou a altura. Em Lagos podes visitar o Onyria Palmares, um campo de 27 buracos e com vários prémios nacionais e internacionais no curriculum. Caso não te sintas satisfeito apenas com o passeio, arranja um parceiro e coloca cá para fora o animal competitivo que tens dentro de ti.

 

Parque Nacional da Peneda-Gerês

Portugal tem apenas um parque nacional e é isso. Localizado no Minho, uma região conhecida pela sua beleza, o Parque Nacional da Peneda-Gerês oferece florestas de carvalhos, uma sinuosa estrada romana com marcadores antigos, pontes e cascatas. Acampar é permitido em partes específicas do parque e algumas piscinas naturais permitem nadar durante os meses mais quentes. Este é outro excelente local para entrar em uma boa caminhada e também para observação de aves.

Guimarães

Se você tiver tempo extra, use-o para visitar a primeira capital do país. No século XII, o primeiro rei de Portugal, Afonso I, governou a partir de sua terra natal, Guimarães . Desde então, a cidade adotou a reputação e o apelido de “O berço de Portugal” e os turistas podem visitar o castelo onde o rei e muitas outras figuras históricas residiram. Guimarães é facilmente acessível de carro e autocarro e fica a apenas 50 km do Porto.

Braga

A união entre o velho e o novo é a quarta maior cidade de Portugal, uma das mais antigas do país, com um público forte e jovem. Na verdade, foi rotulada como Capital Europeia da Juventude em 2012 e atrai estudantes da Universidade do Minho. Cheia de cafés, lojas, restaurantes e bares, a cidade é verdadeiramente vibrante, mas também é conhecida por seu lado religioso. Além da catedral local ser a mais antiga do país, o deslumbrante Bom Jesus do Monte é um retiro religioso e a catedral é bastante diferente da maioria dos outros. Localizado em uma colina na floresta e rodeado por jardins, os visitantes podem subir os 116 metros de escadas e desfrutar de uma vista deslumbrante no topo.

Cacela Velha

A Sul, no Algarve, apresentamos mais uma vila perfeita para fazeres as tuas férias em Portugal: Cacelha Velha. Escapadinha ou férias de Verão mais alargadas são duas opções que fazem sentido. Deixamos a decisão nas tuas mãos.

Começamos pelo óbvio: a Praia da Fábrica, também conhecida como Praia de Cacela Velha, foi considerada uma das melhores do mundo pela edição espanhola da revista Condé Nast Traveler. O acesso é limitado, mas acessível, já que por apenas 1,5€ e em pouquíssimos minutos estamos numa praia deserta de areia branca e água morna. Um cenário digno de Caraíbas ou Sudeste Asiático, mas… no Algarve.

Peso da Régua

No meio desta lista de destinos que encaixem no conceito de escapadinhas em Portugal para as tuas férias de Verão, regressamos ao Norte e estacionamos em Peso da Régua. Começávamos a sentir falta do Douro, admitamos.

Esta cidade do distrito de Vila Real permite ainda que faças duas coisas: a primeira, é que desligues do turbilhão da cidade e que te esqueças que existem combustíveis fósseis. A segunda, é poder desfrutar, lentamente, de uma das zonas mais bonitas do país, sempre com uma temperatura amena, sem os excessos normais desta fase do ano em Portugal.

O que tens, então, para ver/visitar? A saber: o Miradouro de São Leonardo e de São Domingos, o Museu do Douro e, caso te sintas com força, podes dar uma volta no Comboio Histórico do Douro e apreciar as vistas de cortar a respiração. Se preferires a bicicleta, também se arranja. É turismo em Portugal e são férias de Verão, mas sem teres que criar um buraco na tua conta bancária. Aqui não há lesados.

Comporta

As nossas férias de Verão podem ser mais simples do que aquilo que, inicialmente, possamos pensar: a apenas uma hora de distância de Lisboa encontramos um destino fabuloso para a tua escapadela em Portugal. Chama-se Comporta e, segundo o New York Times, é um dos destinos obrigatórios em 2018. no nosso artigo o comporta podes descobrir os melhores locais para visitar 

A praia é um dos pontos de paragem obrigatória do turismo em Portugal enquanto aqui estiveres. Areia branca, águas calmas, azuis e translúcidas. Perfeitas para dares aquelas braçadas que vens a adiar desde que te esqueceste de te inscrever na piscina municipal.

Férias em Portugal, perto de uma zona costeira, obrigam, todos os dias, à ingestão de peixe grelhado com vista para o mar. Ou então, no centro da freguesia, onde os restaurantes típicos abundam. O final de tarde irá pedir o óbvio: caracóis e uma ou duas imperiais.

É importante saberes que a Comporta está integrada na Reserva Natural do Estuário do Sado, o que faz com que esta região tenha mais de 200 espécies de aves. A observação das mesmas é uma das nossas sugestões. Outra, esta obrigatória, é visitares o Museu do Arroz. Um espaço que te vai contar a história da região, associada ao arroz, através de vídeos, fotografias e utensílios usados desde 1830 — data em que aquela cultura foi instituída por estas bandas.

Ah, não te esqueças: estás perto de Tróia, a norte — excelentes praias, parte II — e do Carvalhal, a sul — excelentes praias, parte III. No fundo, é só escolheres as localidades para usufruíres da melhor forma das tuas férias em Portugal.

  • 20 dicas de locais para visitar em Portugal com fotos

PRINCIPAIS ACTIVIDADES EM: Portugal

O que fazer em - Portugal