As 14 Cascatas mais bonitas do Norte de Portugal

Cascatas do norte de Portugal como no geres, Viena do Castelo, Braga, Vila Real, nesta lista tens todas as cascatas do norte 

 

A norte Cascatas no Distrito de Viana do Castelo

 

Cascata de Fervença

 

Cascata de Fervença é uma queda de água (cascata) localizada na fronteira das freguesias de Boivães e Grovelas, concelho de Ponte da Barca, distrito de Viana do Castelo, em Portugal.

Apresenta-se com águas cristalinas e límpidas. As águas que dão origem a esta cascata provém do rio Fervença e cai sobre a rocha dura da serra de uma altura de 20 metros.

Encontra-se envolta por uma paisagem natural cheia de verde onde despontam vários rios e riachos, surgem caminhos sinuosos e antigas casas ainda cobertas de colmo e ardósia.

 

Cascata do Laboreiro

 

Cascata do Laboreiro é uma queda de água (cascata) localizada em Castro Laboreiro, concelho de Melgaço, Distrito de Viana do Castelo, em Portugal.

Esta queda de água é formada pelas águas do rio Castro Laboreiro que atravessa neste local serrano um acentuado desnível e precipita-se do cimo de altas fragas rochosas num mar de espuma branca.

Localiza-se numa paisagem de montanha nos domínios da freguesia de Castro Laboreiro, no alto planalto nortenho. Nas suas imediações existem vários vestígios megalíticos e a alguma distância a fronteira com Espanha.

Esta cascata encontra-se a sul da Ponte Velha de Castro Laboreiro e pode ser vista do cimo das muralhas do Castelo de Castro Laboreiro.

 

Cascata da Peneda

 

 Cascata da Peneda é uma queda de água (cascata) que se localiza na Serra da Peneda, Parque Nacional da Peneda-Gerês, freguesia de Gavieira, concelho de Arcos de Valdevez e distrito de Viana do Castelo, em Portugal.

Esta cascata é visível de grande distância devido à espuma branca que as suas águas fazem na queda. De longe parece apenas um pequeno fio de água que desliza serenamente sobre as rochas do Parque Nacional da Peneda-Gerês, mas nas proximidades da cascata é possível ver-se todo o seu esplendor: a ribeira corre com fúria e envolta em grande ruído, apresentado a queda-de-água um desnível de 30 metros de altura. As águas da cascata caem precisamente nas traseiras dos antigos dormitórios dos peregrinos do Santuário de Nossa Senhora da Peneda (reconvertidos desde 2005 num hotel), passam por baixo do edifício e do largo fronteiro, indo juntar-se ao rio da Peneda que corre ali perto.

Rezam as lendas que envolvem o Santuário de Nossa Senhora da Peneda que é Nossa Senhora da Peneda quem olha por estas cascatas e por todo este mágico espaço inserido no cerne do Alto Minho.

 

CASCATAS DO PINCHO

 

O Pincho é o nome dado a várias lagoas e cascatas do rio Âncora que se localizam em S. Lourenço da Montaria.

Contemplando uma beleza natural, rara e altamente apreciável, é normalmente visto como espaço turístico e lazer.

 

Cascatas em Braga




Cascatas de Fecha de Barjas

 

As Cascatas de Fecha de Barjas, por vezes designadas Cascatas do Taiti (designação errada) são uma queda de água(cascata) localizada nas Caldas do Gerês, freguesia de Vilar da Veiga, concelho de Terras de Bouro e distrito de Braga, em Portugal.

É uma cascata de alta montanha cujas águas são provenientes do Rio Arado e onde só se pode chegar por caminhos pedestresdada a grande dificuldades de acesso ao local visto os caminhos serem muito sinuosos e agrestes.

Esta queda de água termina numa calma e serena lagoa com margens de areia e águas cristalinas que representa um refúgio para o difícil caminho.

 

Cascata da Laja

 

Cascata da Laja é uma queda de água (cascata) localizada nas Caldas do Gerês, freguesia de Vilar da Veiga, concelho de Terras de Bouro e distrito de Braga, em Portugal.

Esta queda de água insere-se numa paisagem de montanha, na Serra do Gerês onde o verde é um elemento de referência e que contribui para o cenário do local, particularmente para o cinário do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Nas proximidades da cascata encontra-se uma grande quantidade de pontes de madeira que permitem cruzar as águas abundantes do local que no entanto não dão forma a lagos adequados a espaços balneares.

Para se chegar a esta cascata deve seguir-se até à Portela do Homem até chegar ao início do trilho pedestre, denominado Trilho da Preguiça.

 

Cascata de Leonte

 

Cascata de Leonte é uma queda de água (cascata) localizada nas proximidades da Portela de Leonte, freguesia de Vilar da Veiga, concelho de Terras de Bouro e distrito de Braga, em Portugal.

Esta queda de água encontra-se localizada a 1 km da Portela de Leonte e a 6 Km da Vila do Gerês na estrada que liga esta à fronteira com Espanha na Portela do Homem.

Forma-se com o despenhar das águas do alto de uma penedia de rocha granítica, numa linha de água afluente do Rio Gerês.

 

Cascata do Arado

 

Cascata do Arado é uma queda de água (cascata) fluvial localizada no Rio Arado, perto da aldeia da Ermida, freguesia de Vilar da Veiga, concelho de Terras de Bouro e distrito de Braga, em Portugal.

Esta cascata caracteriza-se por se localizar num curso de água de alta montanha, no rio Arado em que o desnível do terreno é vencido por uma sucessão de cascatas que terminam num lago de águas cristalinas nas proximidades da aldeia da Ermida, localizada a leste das Termas do Gerês.

O caminho para esta cascata faz-se a partir da aldeia da Ermida, por uma estrada florestal rodeada de vegetação abundante até ao cruzamento desta com o entroncamento que vai para o sítio de Pedra Bela. A partir deste local falta cerca de 1,5 km até à ponte sobre o rio Arado.

 

Cascata da Queimadela

 

Cascatas no Distrito de Vila Real




Cascata de Água Cai dAlto

 

Cascata de Água Cai dAlto é uma queda de água (cascata) localizada na freguesia de Cerva, concelho de Ribeira de Pena, distrito de Vila Real, em Portugal.

Esta cascata apresenta-se com 60 metros de altura, e situa-se na nascente do rio Póio em Cerva, tendo origem na confluência de dois regatos. Estes cursos de água ao juntarem as suas águas despenham-se numa cascata de águas claras que correm serenas sobre as rochas graníticas até desembocarem numa lagoa. O curso de água associado à Cascata de Água Cai dAlto, rio Póio é muito usado para a realização de desportos radicais como o canyoning e a canoagem.

 

Cascata de Fisgas do Ermelo

 

Cascata das Fisgas de Ermelo é uma queda de água (cascata) localizada junto à União de Freguesias de Ermelo e Pardelhas, concelho de Mondim de Basto, distrito de Vila Real, em Portugal.

Esta cascata é uma das maiores quedas de água de Portugal e uma das maiores da Europa fora da Escandinávia e dos Alpes, não se precipitando num único salto vertical: fá-lo em vários saltos, ao atravessar progressivamente uma grande barreira de quartzitos, num profundo socalco. As suas águas separam as zonas graníticas das zonas xistosas das terras envolventes.

O desnível desta cascata, apresenta assim 200 metros de extensão cavados pelas águas calmas, mas perseverantes do rio Oloque nasce no Parque Natural do Alvão.

Antes do inicio das quedas de água temos a montante um grupo de lagoas de águas cristalinas muitos usadas nas épocas de veraneio.

O acesso para a Cascata de Fisgas do Ermelo pode ser feito pelas estradas florestais que ligam Lamas de Olo à localidade de Ermelo ou a partir de Mondim de Basto e Vila Real através da estrada EN304 junto à aldeia de Ermelo e à ponte sobre o rio Olo.

 

Cascata de Galegos da Serra

Cascata de Galegos da Serra é uma queda de água (cascata) localizada no em Galegos da Serra, freguesia de Vila Marim, concelho e distrito de Vila Real, em Portugal.

Esta queda de água localiza-se dentro da área protegida do Parque Natural do Alvão, numa paisagem de aspecto rude com caminhos estreitos e difíceis. Surgem na paisagem grandes lajes de graníticas profundamente desgastadas pela erosão à mistura com rochas duras que se destacam na paisagem.

Trata-se de um terrenos inóspitos de alta serra que são adoçados pelo irromper desta queda de água. A altura de precipitação desta cascata ronda os 8 metros de desnível e vem dar vida ao espaço onde se insere, transformando-o ao ameniza-lo. A queda de água dá forma a um lago onde as águas reflectem a transparência dos verdes circundantes. Esta cascata foi integrada no Parque Natural do Alvão, e encontra-se a curta distância da povoação com o mesmo nome.

 

Cascata de Agarez

 

Cascata de Agarez é uma cascata portuguesa localizada na Serra do Alvão, Parque Natural do Alvão aldeia de Agarez, freguesia de Vila Marim, concelho e distrito de Vila Real.

Esta cascata localizada no centro da Serra do Alvão apresenta-se como um símbolo de vida e refugio no meio da alta serra. Não apresenta grande altura, tendo somente 8 metros, no entanto dado o seu exotismo é uma das mais curiosas de Portugal. Para chegar a esta cascata é necessário percorrer caminhos estreitos, difíceis e rudes, recheados de rochas desgastadas pela erosão e frondosas árvores que descaem para o caminho.

Ainda antes de se ver a cascata já se ouve o seu cantar por entre a frondosa vegetação verde que enfeita o cinzento granito. Não se sabe se foi a cascata ou a povoação junto da qual esta se encontra a dar o nome ao lugar. Esta povoação serrana é conhecida pelos seus trabalhos feitos em teares artesanais onde as peças de linho são feitas à mão, sempre sob o cantar das águas da montanha.

 

Cascata de Pitões das Júnias

 

Cascata de Pitões das Júnias é uma queda de água (cascata) localizada quase no fim da aldeia e freguesia de Pitões das Júnias, concelho de Montalegre, Distrito de Vila Real, em Portugal.

As águas desta cascata são provenientes das águas do ribeiro de Pitões que devido aos desníveis do terreno se desenvolve por vários patamares, sendo que o primeiro tem cerca de 30 metros de altura e desagua num lago delimitado por afloramentos graníticos. Esta cascata é uma das muitas cascatas da região do Barroso e vai animar vários rios que nascem na Serra do Gerês.

Nas proximidades desta cascata existe uma ponte de madeira e também um carvalho centenário, que ao longo dos séculos tem sido alvo de várias lendas locais, como a de um duende aí viver.

  • As 14 Cascatas mais bonitas do Norte de Portugal

PRINCIPAIS ACTIVIDADES EM: Portugal